Ultimate magazine theme for WordPress.

Junho laranja – Convocação para o cuidado com o titular de 8% do nosso corpo

O mês de junho é representado pela cor laranja, a qual chama a atenção para o cuidado com a saúde do nosso sangue por meio da campanha de conscientização sobre anemia e leucemia que, embora sejam dois problemas que ocorrem no sangue, são bem diferentes entre si e não possuem relação de causalidade.

A anemia é definida pela diminuição da concentração das células vermelhas do sangue, as quais denominamos por glóbulos vermelhos, hemácias ou eritrócitos. Essas células tem a função de transportar o oxigênio vindo dos pulmões para todos os outros órgãos.  A anemia trata-se de um sinal de doença, ou seja, não se caracteriza como patologia, porém indica que algo não está funcionando bem em nosso corpo, sendo um sinal que pode ser indicador da existência de diversas doenças, entre elas a leucemia.

A leucemia é um tipo de câncer que ocorre na medula óssea, que é o tecido onde se forma o sangue, ou seja, onde são produzidos os glóbulos vermelhos, brancos e plaquetas. Na leucemia, a medula óssea produz uma grande quantidade de glóbulos brancos doentes, ou imaturos, também chamados de blastos, que ficam impossibilitados de executarem sua função normal.

Tanto a anemia quanto a leucemia estão ligadas à nutrição, sendo esta uma ciência que atua como importante aliada em ambas as condições. No decorrer desse mês enfatizaremos a campanha junho laranja salientando a sua relevância, devido ao grande impacto que a anemia e leucemia geram no corpo humano, além de apresentar outros fatores relevantes às mesmas, como por exemplo a doação de sangue.

Leia também: Fugir dos excessos é a melhor forma de combate à hepatite alcoólica

Comentários do Facebook