Minas Gerais é o segundo estado que mais gera emprego no Brasil

NEWSLETTTER

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail:

Escolha o tipo e/ou às localidades que você deseja receber notícias -

Destaques

Transporte e mensalidade escolar devem ser pagos durante a quarentena?

Uma questão importante tem afligido muitos pais pelo Brasil. Com o isolamento social, muitas pessoas estão deixando de trabalhar,...

Ouro Branco tem dois óbitos em investigação por coronavírus

A Prefeitura de Ouro Branco informou nesta segunda-feira (6), por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que há dois...

Qual a mais bonita? Relembre as camisas do Atlético na década e vote na sua favorita

Sempre que começa uma temporada nova há uma expectativa sobre as novidades no elenco, qual o time titular e...

Prefeitura de Jeceaba confirma primeiro caso de coronavírus no município

Foi confirmado oficialmente, nesta segunda-feira (6), pela Prefeitura de Jeceaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, o primeiro...

Ovos de páscoa: conheça o trabalho de produtos feitos à mão

Época de semana santa, junto da páscoa, traz muitas celebrações religiosas e um comércio voltado, principalmente, para os chocolates....

Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), na última sexta-feira (23), o estado de Minas Gerais está entre os primeiros estados da federação que mais geram emprego em todo o país, em 2019.

Segundo o levantamento, das 43.820 vagas abertas no Brasil somente no mês de julho, Minas foi responsável por 24% dos novos postos. Com a criação líquida, que aponta a diferença entre contratados e demitidos, foram gerados, no total, 10.609 oportunidades.

Os números apresentados pelo Caged ainda mostraram que o estado o ocupa a segunda posição no acumulado do ano, com a geração total de 99.946 vagas, que corresponde a 21,66%. O estado de São Paulo aparece em primeiro lugar, com 174.270 novos postos de trabalho, correspondendo a 37,76%.

56% das novas vagas de emprego foram para a construção civil

Ainda de acordo com a pesquisa realizada pela Caged, no que diz respeito aos setores que abriram mais oportunidades em Minas, a construção civil e se firmou como o que mais atraiu trabalhadores no mês de julho, sendo responsável por 56% do total de vagas.

Logo em seguida, aparecem as áreas de serviços, com cerca de 36% dos novos postos, e a indústria de transformação, com 29,32%. Já a agropecuária foi o setor que mais perdeu vagas em todo o estado, no entanto, se mantém como o segundo lugar em contratações em 2019.

Ainda de acordo com a pesquisa realizada pela Caged, no que diz respeito aos setores que abriram mais oportunidades em Minas, a construção civil e se firmou como o que mais atraiu trabalhadores no mês de julho, sendo responsável por 56% do total de vagas.

Logo em seguida, aparecem as áreas de serviços, com cerca de 36% dos novos postos, e a indústria de transformação, com 29,32%. Já a agropecuária foi o setor que mais perdeu vagas em todo o estado, no entanto, se mantém como o segundo lugar em contratações em 2019.

Sine

Somente no mês de julho, o Sine ofereceu mais de 9.500 vagas em todo o estado. Os setores que mais oportunizaram vagas foram os de serviços, de agropecuária, de construção e da indústria.

Para conquistar uma oportunidade no mercado de trabalho, os interessados  devem se dirigir a uma das unidades do Sine, levando documento de identidade, CPF e a carteira de trabalho.

Os endereços dos postos podem ser encontrados no site da Sedese, clicando aqui.

*Com informações da Agência Minas

 

- Advertisement -