Ultimate magazine theme for WordPress.

Na Série B, Sassá pode ser o goleador que o Cruzeiro precisa

Desde 2017 na Raposa, o atacante Sassá sempre foi querido por grande parte da torcida celeste, mesmo sem nunca ter emplacado uma bela sequência de jogos e gols. Agora, na Série B e com o Cruzeiro impossibilitado de fazer grandes investimentos, o camisa 99 pode ter sua oportunidade de ouro no time celeste. Por ser uma competição com características próprias, a segunda divisão reservou, ao longo de sua história, bons resultados para jogadores parecidos com o atleta cruzeirense.

São vários os indícios que mostram que Sassá pode se dar bem na competição. Entre eles, destacam-se os artilheiros recentes do torneio e a passagem do próprio atleta pela Série B, em 2014, quando atuou pelo Náutico.

Os goleadores da B

2019

Na última edição, o grande artilheiro foi o ponta Guilherme, com 17 gols, do Sport. Contudo, se a lista for mais explorada, é possível encontrar nomes tradicionais no ofício de camisa 9 do futebol brasileiro. Como Hernane Brocador, Ytalo, Rodrigão, Roger e Léo Gamalho. Todos estes jogadores fizeram, pelo menos, mais de 12 tentos no último campeonato.

É necessário frisar que tais atletas, assim como Sassá, nunca se firmaram na elite do futebol nacional, mesmo já tendo diversas oportunidades. Hernane Brocador, grande goleador do Flamengo em 2013, jamais conseguiu repetir uma boa temporada como aquela. Entretanto, na Série B, viveu ótima fase e marcou diversos gols. Da mesma forma, Roger, Ytalo e Rodrigão, rodaram, ao longo da carreira, por enormes times paulistas, como São Paulo, Corinthians e Santos, mas não obtiveram sucesso. Na segundona, a história foi diferente.

Na Série B, Sassá pode ser o goleador que o Cruzeiro precisa
Mesmo com uma grave lesão, Hernane fez bela Série B pelo Leão – Créditos da foto: Anderson Stevens/Sport

Sassá, que teve excelente 2016 pelo Botafogo, nunca cravou sua titularidade absoluta no Cruzeiro, mesmo sendo querido pela Nação Azul e marcando alguns importantes tentos.

Pela Raposa, o camisa 99 fez, até o momento, 81 jogos e marcou apenas 20 gols. Talvez, a Série B seja a oportunidade para Sassá melhorar sua média e, finalmente, se afirmar no clube.

Outras edições

Em anos anteriores, diversos centroavantes modestos tecnicamente se destacaram no torneio. Como, por exemplo, Gustagol, Bergson, Bill, William Batoré, Zé Carlos e Kieza.

Sassá na segundona

No ano de 2014, o jogador foi emprestado ao Náutico, que disputou a divisão de acesso. Em 22 partidas, marcou nove tentos e foi o grande destaque do time pernambucano em uma modesta campanha.

Na Série B, Sassá pode ser o goleador que o Cruzeiro precisa
Em 2014, Sassá viveu boa fase pelo Náutico – Créditos da foto: Marlon Costa/FPF-PE/Náutico

Elenco curto do Cruzeiro

Tudo indicia para uma grande reformulação no plantel celeste. Fred, que recebe salário astronômico e não rendeu, deve sair do clube. Assim, restaria, para o comando de ataque, Sassá, que tem contrato até o fim de 2021, e o garoto Popô, que é uma promessa da base cruzeirense.

A contratação de um novo nome também não está descartada. Todavia, levando em conta o panorama financeiro do Cruzeiro, caso aconteça, não deve ser nada extraordinário.

Comentários do Facebook