16.5 C
Belo Horizonte
terça-feira, 28 junho 2022
Portal Mais MinasOuro PretoFamílias de distrito de Ouro Preto poderão voltar para suas residências após redução de área de inundação de barragem da Vale

Famílias de distrito de Ouro Preto poderão voltar para suas residências após redução de área de inundação de barragem da Vale

A Vale publicou um comunicado na manhã desta quinta-feira (26) informando que houve uma redução da mancha de inundação da barragem Doutor, localizada no distrito de Antônio Pereira, em Ouro Preto, o que permitirá o retorno de famílias e a reabertura do Clube Samisa.

De acordo com a nota, mais de 40 edificações, incluindo o Clube Samisa, deixam de fazer parte da Zona de Autossalvamento (ZAS) da estrutura pertencente à mina Timbopeba, devido a redução de mais de 15% da mancha hipotética de inundação da barragem, o que corresponde a 13km2. A mancha foi revisada pela Vale e validada, este mês, pela SLR, empresa auditora do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Para que a decisão fosse tomada, o estudo levou em conta, entre outros fatores, a diminuição do volume de água devido à condição atual do vertedouro (ensecadeira), maior detalhamento do modelo e conhecimento do material do reservatório. As informações foram divulgadas na quarta-feira (25/05) pela Defesa Civil de Ouro Preto e pela Vale, em reunião com a comunidade de Antônio Pereira.

A mineradora reitera que avaliações em campo estão sendo realizadas pela Defesa Civil, em conjunto com a empresa, para precisar o número de famílias que deixam de ser impactadas pela macha da barragem. Ciente dos efeitos dessas mudanças na rotina da comunidade, a Vale anunciou que irá discutir o retorno conjuntamente com cada família, respeitando seus interesses.  

LEIA TAMBÉM:  Bloco Volta Belchior traz noite carnavalesca para a 17ª Mostra de Cinema Ouro Preto

Apesar da possibilidade do retorno de dezenas de famílias, há também outras que terão que ser evacuadas por segurança, já que o atual desenho da mancha ainda prevê a realocação preventiva de duas famílias, uma em Antônio Pereira e outra na Vila Residencial Antônio Pereira. Ambas as famílias já foram comunicadas e, segundo a Vale, receberão todo o suporte da empresa no processo de escolha e mudança para moradias temporárias. 

A Vale ressalta que não houve alteração na condição de segurança da barragem Doutor. A estrutura, que está em processo de descaracterização, permanece em nível 1 de emergência e é monitorada 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: