19.8 C
Belo Horizonte
sexta-feira, 12 agosto 2022
Portal Mais MinasOuro PretoFestival de Inverno de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade mobiliza mais de 30 mil pessoas

Festival de Inverno de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade mobiliza mais de 30 mil pessoas

Cortejos, shows, espetáculos cênicos, intervenções artísticas, exposições, oficinas, mostras de filmes, workshops e seminários tomaram novamente as ruas, praças e espaços culturais das cidades Ouro Preto, Mariana e João Monlevade com a edição 2022 do Festival de Inverno promovido pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). O evento foi realizado de 1º a 17 de julho, com uma vasta e diversificada programação gratuita, que atraiu mais de 30 mil pessoas.

“Foi uma alegria ver o Festival de Inverno tomando as ruas de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade novamente. E um motivo de muito orgulho para a UFOP. Para nós, realizar o evento mesmo com todas as adversidades e desafios, inclusive financeiros, era um compromisso com as pessoas das cidades onde temos campi e com a nossa comunidade acadêmica. Destaco, especialmente, a participação dos nossos alunos e técnicos, professores e parceiros, que além do trabalho nos bastidores e na produção do evento, ainda abrilhantaram a programação artística e cultural do Festival 2022″, avalia a reitora da UFOP, Cláudia Marliére.

Neste ano, o tema escolhido foi “Encontros“, como uma forma de valorizar as trocas entre cidades, a comunidade acadêmica, os artistas e o público. Além disso, marca a retomada das atividades culturais presenciais e dos encontros realizados após o período de isolamento social devido à pandemia de covid-19. “Nós conseguimos provocar os nossos objetivos de promover encontros entre as pessoas, as diferenças e os artistas. Com todos os desafios durante o percurso, tivemos um ótimo Festival. Um evento muito fraterno em que as pessoas se ajudaram, especialmente toda a equipe. Aprendemos muito juntos com o nosso senso de coletividade, tão necessário nesse momento de retomada das atividades presenciais”, comemora a pró-reitora adjunta de Extensão e Cultura (Proex) e coordenadora-geral do evento, Gabriela de Lima Gomes.

Intervenção Encontros na Praça Tiradentes em Ouro Preto
Intervenção Encontros na Praça Tiradentes em Ouro Preto – Foto Alice Carpes

Para o pró-reitor de Extensão e Cultura, Marcos Knupp, o balanço do Festival de Inverno 2022 foi muito positivo e alcançou os objetivos propostos pela UFOP, especialmente pela situação financeira complicada que as universidades federais enfrentam e ainda em um contexto pandêmico. “Com muita criatividade e resiliência, nós mais uma vez conseguimos colocar o evento na rua. Temos a certeza de que a decisão da Universidade Federal de Ouro Preto em realizar o Festival foi acertada O sentimento é de muita felicidade. Vamos seguindo com fé e amor. Pensando sempre em dias melhores. E o evento nos enche de alegria e de esperança e amor”, acrescenta.

Atrações para agradar públicos diversos

Nos 17 dias de evento, foram realizadas atividades das mais diversas, que atraíram mais de 30 mil pessoas na programação específica promovida pela UFOP. Para a seleção de espetáculos cênicos e musicais, neste ano, a instituição lançou um edital voltado para artistas residentes em Ouro Preto, Mariana e João Monlevade. O objetivo foi exaltar a produção artística local das três cidades. Foram feitas mais de 70 inscrições, sendo 23 atrações contempladas com a participação no evento.

“A Praça da UFOP, por exemplo, recebeu esses shows de artistas de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade. As produções teatrais da UFOP também se apresentaram durante o Festival, além de atrações da comunidade ouro-pretana, com suas intervenções e performances, que mostraram o poder criativo das artes cênicas. Ainda tivemos a presença do Varilux com a mostra de filmes, dentro no nosso Festival, que é uma conquista oriunda de uma articulação com a Aliança Francesa. As atividades que realizamos na cidade de João Monlevade também foram muito importantes. Ressalto a exposição (Re)Fluxo que mudou a rotina dos vereadores na cidade, que foi montada na Câmara Municipal e certeza que as obras de arte contemporânea modificaram o modo ver e de pensar das pessoas que por lá passaram”, descreve a professora Gabriela de Lima Gomes.

A Caravana Festival executou oficinas e intervenções artísticas nas três cidades, incluindo um dia intenso no tradicional distrito marianense de Furquim. “É uma forma que encontramos na Proex de repercutir as ações realizadas pelos estudantes da UFOP nas comunidades. Aproveitamos o ensejo do Festival de Inverno para discutir a cultura de um modo mais amplo e de levar os processos culturais repercutidos nos projetos, expandindo o processo educacional desenvolvido dentro da universidade para além das comunidades que já têm contato com os alunos durante o ano letivo”, explica o produtor cultural Hugo Guarilha.

Festival de Inverno de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade 2022 é uma realização da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), em parceria com a Fundação Gorceix, a Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Aliança Francesa, além do apoio do Farid e da parceria institucional das Prefeituras de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade.

Fonte: Acentue Comunicação

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: