Avatar
Rodolpho Bohrer
Rodolpho Julio Marci Bohrer é socio-fundador e diretor geral do Mais Minas. Estuda jornalismo na Universidade Cruzeiro do Sul e atualmente é repórter de política, cidades e loterias. Contato: comunicacao@maisminas.org

Candidatura de José Leandro Filho a prefeito de Ouro Preto é indeferida pela Justiça Eleitoral

Nesta quinta-feira (15/10), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atualizou no site de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais da instituição o indeferimento da candidatura do ex-prefeito José Leandro Filho à Prefeitura de Ouro Preto, considerando-o inapto em decorrência da Lei de Inelegibilidade (LC 64/90). Todas as outras candidaturas foram deferidas.

A impugnação da candidatura do candidato do Partido Social Cristão (PSC) ocorre após o Ministério Público Eleitoral (MPE) impetrar o pedido impugnação da candidatura por considerar que José Leandro Filho foi condenado à suspensão de seus direitos políticos, em decisão colegiada, por ato doloso de improbidade administrativa que importou em lesão ao patrimônio público e/ou enriquecimento ilícito (próprio ou de terceiro), no processo nº 1.0461.03.012642-3/001, nos termos do artigo 14, § 9º, da Constituição Federal c/c artigo 1º, inciso I, alínea “l”, da Lei Complementar nº 64, de 1.990.

A Justiça Eleitoral acatou o pedido do MPE e nessa quarta-feira (14) publicou a decisão de impugnar a candidatura, levando em consideração o ato de improbidade administrativa ao qual o ex-prefeito foi condenado, ao fraudar o processo licitatório referente ao transporte coletivo de passageiros, permitindo o favorecimento da empresa Transcotta Ltda. na prestação dos serviços no âmbito do Município de Ouro Preto. A decisão considera que, naquela oportunidade, ficou esclarecido que o contrato de concessão à Transcotta Ltda., de natureza precária, da forma como realizada, indica o favorecimento ilícito da empresa e a validação de operações irregulares desde a origem, afastando as linhas de transporte coletivo da sujeição ao procedimento de licitação.

José Leandro Filho foi prefeito de Ouro Preto por três mandatos (1983-1988, 1997-2000 e 2013-2016) e Deputado Estadual de Minas Gerais em um (1991-1995), tendo somando, por consequência desses períodos de mandatos políticos, 72 processos criminais e condenações a nível de primeira e segunda instância. Na atual candidatura, sua coligação “COM A FORÇA DO CORAÇÃO” era composta pelos partidos PSC, PSL, PSDB e DEM, com o advogado Gleiser Boroni na posição de candidato a vice-prefeito.

Apesar da decisão da Justiça Eleitoral, que concordou com o pedido de impugnação do registro da candidatura pelo Ministério Público Eleitoral, considerando que o candidato é inelegível, nas redes sociais, o vice da chapa impugnada hoje publicou uma ação de campanha eleitoral:

#TocomZePrefeitoGleiserVice20❤🇧🇷

Publicado por Gleiser Boroni em Quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Em entrevista à Rádio Itatiaia nesta quinta-feira (15), o candidato se manifestou sobre a decisão da Justiça Eleitoral de Ouro Preto: “A decisão de ontem já era esperada. Estou muito acostumado com essas coisas. Toda eleição minha, normalmente, toda impugnação que me fazem , infelizmente, eu tenho perdido em Ouro Preto. Mas sempre consegui reverter em Belo Horizonte ou Brasília. Vou reverter mais esta. Vou vencer estas eleições“, afirmou José Leandro.

Confira a íntegra da decisão da Justiça Eleitoral:

Leia mais

Volta à Câmara, relação com Angelo Oswaldo e jeito menos “explosivo”: Após eleito, Kuruzu concede entrevista exclusiva ao Mais Minas

É quase impossível ser indiferente e não pautar Wanderley Rossi Júnior, o Kuruzu, quando se fala da política ouro-pretana. Seguido por muitos, e odiado...

Candidaturas femininas ao Legislativo de Ouro Preto, em 2020, recebem quase mesmo número de votos que em 2016

Para o próximo quatriênio, de 2021 a 2024, o Legislativo Municipal de Ouro Preto, eleito no último domingo (15), terá novamente somente uma mulher...

Câmara de Mariana registra 78% de reeleição entre os nove vereadores que concorreram a um novo mandato

No último domingo, dia 15 de novembro, 38.997 cidadãos foram às urnas em Mariana para eleger os vereadores, o prefeito e o vice-prefeito que...

Artigos Relacionados

Reeleito com 59,8% dos votos, Orlando Caldeira garante: ‘Vamos transformar Itabirito’

Reeleito prefeito de Itabirito nesse domingo, dia 15 de novembro, com 16.802 votos - 59,81% dos votos válidos -, Orlando Caldeira reafirmou após a...

Nenhuma mulher é eleita em Itabirito

Nenhuma mulher foi eleita vereadora na cidade de Itabirito na votação que ocorreu nesse domingo, 15 de novembro. Desta forma, as treze vagas do...

Sete vereadores conseguem se reeleger em Mariana; veja a lista

Após a confirmação da vitória de Celso Cota para administrar a cidade de Mariana pelos próximos quatro anos, já está definida também a relação...

Eleições 2020: veja a lista dos 13 vereadores eleitos em Itabirito

Após a vitória avassaladora do prefeito Orlando Caldeira, que se reelegeu à chefia da Prefeitura de Itabirito, com 59,81% dos votos, já está definida...