Quem dera se por um milagre a cura do câncer pudesse ser um simples alimento

O assunto de maior interesse em relação ao câncer é sem dúvidas a respeito da sua cura, e é assim que surgem mitos como o de que alguns alimentos como cogumelo do sol, noni, graviola, chá verde, dentre outros curam o câncer.

PUBLICIDADE

Uma alimentação saudável é composta por diferentes tipos de alimentos, das classes das leguminosas, cereais, frutas, verduras, legumes e oleaginosas. Na nutrição parte-se do pressuposto de que quanto mais colorido o prato maior a qualidade da alimentação; dessa forma, o consumo de alimentos diversos e de cores variadas permite a ingestão de diferentes nutrientes e compostos que podem auxiliar na prevenção e no tratamento do câncer.

Leia também: Entenda como surgiu a condenação das proteínas de origem animal durante o tratamento do câncer

As escolhas alimentares são fundamentais no processo saúde / doença, visto que enquanto uns alimentos podem atuar como protetores contra determinada doença, outros podem aumentar o risco de desenvolvimento da mesma, como por exemplo, no caso do câncer, uma vez que uma dieta rica em alimentos in natura como frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões e outras leguminosas, e pobre em alimentos industrializados é capaz de prevenir o surgimento da doença.

Porém, definitivamente não existem alimentos milagrosos que curam o câncer, o que existem são alimentos que podem prevenir ou atuar como coadjuvantes no tratamento; dessa forma nenhuma terapia alternativa de combate ao câncer deve ser feita em detrimento do tratamento convencional, visto que o abandono do tratamento de eficácia cientificamente comprovada em favor de quaisquer procedimentos não baseados em evidências pode ser determinante no estado de saúde do indivíduo com câncer.

Deixe seu comentário
Participe gratuitamente do nosso grupo de notícias no Telegram -> ENTRAR.
você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você continuar a navegar, vamos supor que você esteja bem com isso. Se você discorda, volta a navegar no site em outra oportunidade ACEITAR LER MAIS