Semana Santa: paróquias do Circuito do Ouro realizam transmissão das missas pelas redes sociais

A religiosidade é uma das festividades mais importantes de Minas Gerais. No período da Semana Santa, os roteiros do Circuito do Ouro se tornam destino certo para o turismo religioso. As tradicionais manifestações mantidas pelas comunidades atraem fiéis do mundo inteiro para as solenidades.

Porém, este ano as celebrações centenárias estão sendo adaptadas devido a pandemia do Coronavírus. As tradições do feriado mais importante do calendário católico, que gera grande movimentação de fluxo turístico na região, vem sendo transmitido pela internet para os fiéis. A maioria das paróquias já apresentaram a programação e quais celebrações estarão disponíveis através de lives.

Além das missas sem a presença dos fiéis, não serão realizadas procissões. A confecção de tapetes ornamentais, que encantam os olhos dos visitantes no roteiros também estão cancelados.

De acordo com a diretora executiva da ACO, Márcia Martins, o cenário é lamentável, mas a tecnologia tem contribuído para que as comunidades não fiquem sem celebrar as manifestações de fé.

“Sabemos da importância deste período para as comunidades e visitantes dos nossos roteiros, porém é preciso cautela e seguir as recomendações das organizações de saúde. E a tecnologia tem sido uma grande aliada para que os fiéis possam, mesmo que de longe, vivenciar a experiência da Semana Santa pelo Circuito do Ouro”, afirmou a executiva.

A ACO tem utilizado da estratégia das redes sociais para contribuir na propagação das informações disponibilizadas pelas igrejas. A entidade disponibilizou ainda um link através do seu site para que as pessoas tenham acesso as transmissões, basta clicar https://circuitodoouro.tur.br/eventos/.

Veja também: Especial Semana Santa – como acontece a celebração nas outras religiões

Comentários