18.4 C
Belo Horizonte
domingo, 27 novembro 2022

Gigante da tecnologia anuncia 11 mil demissões

Desligamentos representa queda de 13% do quadro total de funcionários
Portal Mais MinasTecnologiaConheça a CNH Digital, ferramenta que pode salvar os esquecidos

Conheça a CNH Digital, ferramenta que pode salvar os esquecidos

Sempre que se é parado em alguma blitz, sobe aquele frio na barriga, mesmo que esteja tudo nos conformes com o carro e o motorista. Os momentos antes de pegar os documentos do veículo e a habilitação costumam ser tensos, e o medo de tê-los esquecido justamente naquele dia aparece. E pior ainda é quando isso acontece de fato. Por isso, existe uma ferramenta que nem todos conhecem, mas que é capaz de solucionar esse problema: a CNH Digital (CNH-e).

Na era da tecnologia, o celular é quase parte do corpo das pessoas. É mais comum o sujeito “esquecer a cabeça em casa” que o aparelho telefônico. Sendo assim, hoje, a CNH Digital é um aplicativo indispensável para os motoristas, principalmente aqueles mais esquecidos.

O que é?

O aplicativo Carteira Digital de Trânsito armazena todos os dados da CNH impressa, além de contar com informações sobre infrações cometidas pelo usuário e veículos cadastrados e uma opção de educação no trânsito, que traz diversas campanhas de conscientização. Além disso é possível também cadastrar a versão digital do documento do seu veículo, o CRLV Digital. O aplicativo é um documento oficial, aceito em todo território nacional.

Outro ponto importante é que o aplicativo funciona offline, ou seja, não é preciso uma conexão wi-fi ou de dados móveis para utilizado. Portanto, se você viaja por estradas sem sinal de telefone, pode ficar tranquilo. A ferramenta é totalmente gratuita e opcional, possuindo a mesma validade da CNH impressa.

Confira o vídeo explicativo sobre a CNH Digital, produzido pelo Serpro, Denatran e Ministério da Infraestrutura:

Cuidados

Apesar de ser válida e aceita em todo território nacional, a CNH-e inspira alguns cuidados. É importante, em caso de portar somente ela, sem ter consigo a impressa, verificar o funcionamento do celular. Em caso de problemas técnicos que não permitirem seu acesso, ou se o aparelho descarregar, será considerado que a CNH não está sendo portada. Isso, como se sabe, é infração leve e resulta em:

Art. 232 – Conduzir veículo sem os documentos de porte obrigatório referidos neste Código:
Infração: leve (3 pontos);
Penalidade: multa (R$ 88,38);
Medida administrativa: retenção do veículo até a apresentação do documento.

Também é importante saber que só um dispositivo poderá estar conectado a CNH Digital. Ou seja, não é possível acessar seu documento de outro celular que não seja aquele cadastrado inicialmente. Em caso de perda ou roubo/furto do aparelho, é imprescindível que o condutor bloqueie a CNH-e no Portal de Serviços do Denatran. É possível também habilitar o novo celular para o qual a CNH Digital será transferida.

Como fazer a CNH Digital?

Para ter sua CNH Digital, basta seguir os passos abaixo:

  1. Fazer o cadastro no site do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran)
    – O condutor deverá primeiramente se cadastrar no site do Denatran. Para realizar o cadastro, clique aqui.
  2. Baixar o aplicativo “Carteira Digital de Trânsito” no celular 
    – O interessado deverá baixar o aplicativo pela Google Play Store ou pela App Store, dependendo do sistema operacional do celular.
  3. Acessar a CNH-e
    – Preencha CPF e a senha cadastrada no site do Denatran;
    – Valide os dados cadastrais. O interessado poderá escolher validar os dados no aplicativo, no site do Denatran com certificado digital, ou na sede do Detran-MG/Ciretran.
    – Para validar os dados no aplicativo, informe o CEP do endereço do condutor, cadastrado no Detran-MG;
    – Faça a leitura do QR Code de sua CNH;
    – Faça a leitura facial, seguindo as instruções descritas no aplicativo;
    – Insira o número do telefone celular e clique em “concluir”. A CNH-e será exibida.

Como fazer o CRL Digital?

– Após o login, selecionar a opção “Veículos”, em seguida informar o número do Renavam e o Número de segurança do CRV (antigo DUT).
– Selecionar incluir;
Pronto está disponibilizado o CRLV-e em seu smartphone.

O aplicativo está disponível tanto na Google Play Store, para aparelhos Android, quanto na App Store, para iPhones.

Veja também: As infrações de trânsito mais cometidas pelos motoristas brasileiros

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: