Mais Minas
Portal de notícias de Minas Gerais

Tremor em Congonhas foi identificado como terremoto

Por volta das 20h30 dessa segunda-feira (25), a cidade de Congonhas, localizada a 90 km de Belo Horizonte, sofreu um tremor de terra que assustou os moradores. Segundo o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, o tremor foi identificado como um terremoto, caracterizado como um evento natural, que atingiu a magnitude 3,2 na escala de Richter. O tremor aconteceu em Belo Vale, próximo a Congonhas e Ouro Preto.

Segundo a escala utilizada para medir terremotos e tremores, é possível que o número atinga até 10. Assim, a intensidade percebida na cidade de Congonhas pode ser considerada pequena. Apesar de ter sido sentida pelos moradores, ela raramente causa danos.

Embora o abalo tenha causado apreensão nos moradores acerca das barragens de rejeitos da Vale e da CSN, que cercam Congonhas, a Defesa Civil do Estado de Minas Gerais foi até a cidade, na madrugada desta terça-feira (26), e afirmou que as empresas atestaram não haver risco de rompimento.

Além disso, a Agência Nacional de Mineração (ANM) fará novas análises nas barragens da cidade para verificar se há instabilidade nelas.

A Prefeitura de Congonhas também se pronunciou oficialmente sobre o tremor de terra, leia o comunicado na íntegra:

Após diversos relatos de moradores sobre tremores de terra sentidos em diversos pontos da cidade, a Prefeitura de Congonhas fez contatos com diversas pessoas para verificar a origem do fenômeno, se de ordem natural ou provocada por algum acidente.

Equipes da Prefeitura seguem monitorando informações sobre a seguranças das estruturas de barragens. A primeira preocupação foi com a condição de estabilidade da estrutura da Barragem Casa de Pedra, que é a mais próxima da área urbana.

A CSN Mineração informou que “o tremor sentido em Congonhas na noite de hoje (25/11) não causou nenhuma anomalia na estrutura da barragem Casa de Pedra. Também não houve nenhum dano nas demais estruturas estruturas da unidade CSN Mineração”. De acordo com a mineradora, também foi “descartado acidente no paiol de explosivos da CSN Mineração”.

Nossas equipes seguem monitorando esta situação, além de estar em contato constante com as empresas e autoridades competentes para saber o que ocasionou o tremor. Não se verificou nenhum tipo de abalo nas estruturas ou na condição de estabilidade das barragens.

Qualquer outra informação estaremos disponibilizando diretamente no site da Prefeitura de Congonhas e na Página oficial do Facebook.

Comentários do Facebook
Participe gratuitamente do nosso grupo de notícias no Telegram -> ENTRAR.
você pode gostar também