Acidente grave entre carro, carreta e ciclista deixa dois mortos

Por

Um acidente grave deixou duas pessoas mortas, na manhã de hoje (4), próximo a descida de Macaúbas, no município de Patrocínio. Um Fiat Palio, que estava vindo de Romaria, como carro de apoio, bateu de frente numa carreta Bitrem, na BR-365 ao tentar fazer uma ultrapassagem.

Como o impacto, o veículo foi lançado ao acostamento, onde acertou seis ciclistas, de um grupo de 12. Um dos passageiros do Palio, Fabrício Geraldo Gonçalves Alves, de 28 anos, e um dos ciclistas, o pastor e empresário Rubens Eustáquio Lucas, de 44 anos, morreram na hora.

Os passageiros do carro faziam parte organização da caminhada. Segundo o Corpo de Bombeiros, havia muita névoa no momento do acidente. O carro ficou totalmente destruído. Além dos mortos, oito pessoas ficaram feridas. O motorista da carreta não se feriu.

Os ciclistas são de um grupo local que se reúne aos domingos para pedalar.

Homens do Corpo de Bombeiros, SAMU e Polícia Rodoviária Federal atuaram na ocorrência.

Cuidados ao dirigir sob neblina

Uma dos principais recomendações na neblina é reduzir consideravelmente a velocidade. Isso é importante porque, caso haja necessidade de usar os freios, a frenagem será mais segura, podendo evitar choque com o obstáculo à frente, seja outro veículo ou desvio.

Já nas rodovias, a obrigação é dirigir com o farol baixo. Debaixo de névoa, o motorista também pode usar os faróis de neblina. A luz alta não é recomendada, porque aumenta ainda mais a dificuldade de enxergar. A impressão que se dá é a de uma grande parede branca.

Antes de sair de casa, é recomendável que o motorista verifique se os faróis estão em funcionamento, se não há lâmpadas queimadas (inclusive as de freio), se os freios estão bons, se há água no lavador de para-brisa, entre outros cuidados para uma boa viagem.

Não é recomendado, em nenhuma hipótese, acionar o pisca alerta sob neblina. Esse recurso só é indicado quando há veículo parado no acostamento por falha mecânica. Os pneus, por sua vez, devem estar em dia e calibrados de acordo com as recomendações do fabricante. As informações são do Detran de São Paulo.

Deixe seu comentário

Postado em 4 de agosto de 2019