Take a fresh look at your lifestyle.

Conhecendo a Nova Câmara: Entrevista com Geraldo Mendes, vereador eleito pelo PCdoB

Com o intuito de aproximar o cidadão ouro-pretano dos seus novos representantes na Câmara Municipal a partir de 2017, o Programa “Conhecendo A Nova Câmara” do site Mais Minas realizou com os vereados eleitos de primeiro mandato uma curta entrevista escrita.

O principal objetivo é contribuir com a identificação política da população com seus novos representantes do poder legislativo e saber o que eles pensam a respeito de alguns temas ligados diretamente a população. 

O 1º entrevistado é Geraldo Mendes, de 47 anos, Advogado, eleito pelo PCdoB com 506 votos. Confira!
 

Mais Minas: Como você entrou para a política?

Geraldo Mendes:  Comecei minha militância nos Movimentos Populares, tendo sido eleito presidente por 3 (três) mandatos da Associação de Moradores dos Bairros: Saramenha de Cima, Tavares, Vila Santa Isabel e Maria Soares, entre 1998 a 2005. Nesse mesmo período fui também Coordenador da FAMOP (Federação das Associações de Moradores de Ouro Preto), também por 3 (três) mandatos. Participei de vários Conselhos Municipais, sempre representando o usuário (população). Fui também presidente do PT (Partido dos Trabalhadores) por 2 (dois) mandatos e hoje sou Vice-Presidente do PCdoB, partido no qual fui eleito vereador.

De que forma você poderá contribuir com a população em um mandato legislativo?

Primeiramente é fundamental ressaltar as funções do vereador. O vereador é a ligação entre o governo e o povo. Ele tem o poder de ouvir o que o povo precisa, e de propor, debater e aprovar leis e indicações na Câmara Municipal, além de fiscalizar as ações do prefeito e de seus secretários.

Dito isso, entendo que o verdadeiro Mandato Parlamentar, seja o Mandato Popular, onde o vereador tenha constante contato com a população por intermédio das organizações e movimentos populares, para que as reivindicações sejam ouvidas e encaminhadas para os setores responsáveis. A Proposição de Leis que melhorem o dia-a-dia da população também tem de ser priorizada, assim como a real fiscalização do Poder Executivo. Essas ações serão o norte de meu mandato.

Em seu ponto de vista, quais os grandes problemas da cidade? De que forma seria possível solucioná-los?

Os principais problemas da cidade são: Saúde; Água; Segurança; transporte escolar (principalmente nos distritos e zonas rurais); Coleta de lixo (contratação de empresas); Cooperativa de transporte; limpeza de ruas (mato por toda a parte!); número de Creches etc.

Ações para resolver tais problemas ficam sob a responsabilidade do Poder Executivo. O uso adequado do dinheiro público é fundamental para implementar as políticas e as melhorias em cada setor da cidade. Cabe a nós, vereadores, fiscalizar e acompanhar a execução das obras e qualquer outra intervenção pública.

Você fará parte da base aliada ou será oposição ao Prefeito Júlio Pimenta na Câmara?

Assim como defendi durante todo o processo eleitoral, faço parte da base de apoio do Prefeito Júlio Pimenta.

Como você definiria o seu partido a nível municipal? Você se identifica com as ideologias do Partido?

O PCdoB de Ouro Preto sempre esteve presente nas atividades políticas da cidade, se destacando entre os anos de 2005 – 2012 quando o partido esteve à frente da Secretaria Municipal de Saúde na pessoa do Ariosvaldo que também já foi vereador pelo partido em Ouro Preto.

Sim, me identifico com as ideologias do PCdoB.

Como você vê a situação do desemprego da população ouro-pretana? Você acha que há formas imediatas de amenizar a situação?

Essa questão também é mais direcionada ao Poder Executivo, mas não devemos nos omitir diante das questões de nossa cidade. Há uma crise internacional que aflige diretamente o país, e por consequência a nossa cidade. A redução dos recursos da mineração, sobretudo depois dos incidentes ambientais em Bento Rodrigues, nos impõe a buscar nossas vocações que são o turismo cultural e ambiental. O turismo deve ser a mola mestra para o desenvolvimento de uma rede de comércio e serviços que impliquem em apoio e incentivo a investimentos locais e empreendedores diversos, por exemplo:

A implementação efetiva de um plano de manejo do turismo que contemple o envolvimento de todos os integrantes do setor (hotéis, museus, igrejas, a Associação Comercial, os restaurantes, o comércio em geral);

Estabelecer parcerias com o SEBRAE, SENAC, SENAI, Universidade e demais órgãos que promovam o desenvolvimento empresarial e o espírito empreendedor;

Promover e incrementar a produção e a comercialização do artesanato na cidade;

Pactuação com o CDL de Ouro Preto para a implantação do Programa Jovem aprendiz, que visa qualificar desde cedo a mão de obra municipal.

Quem é a pessoa mais inteligente que você conhece pessoalmente? Por quê? Politicamente, tem alguém que você se inspira?

Conheço várias pessoas inteligentes. Ao citar apenas um nome, eu estaria cometendo injustiça.

Politicamente, existe 3 (três) pessoas que, ao longo de minha trajetória, contribuíram diretamente para minha formação ideológica e política, são eles: meu irmão mais velho (José Mendes), João Bosco de Oliveira Perdigão e Ariosvaldo Figueiredo.

Em uma palavra, como você se definiria?

PERSISTENTE.

*Perguntas elaboradas por Rodolpho Bohrer.

Close