Ouro Preto

Asilo em Ouro Preto necessita de itens de higiene

Em entrevista ao portal Mais Minas, a nutricionista Karina do Carmo Chagas, responsável pelo Lar São Vicente de Paula, localizado em Ouro Preto, relata que o asilo necessita de itens de higiene como luvas, máscara, álcool líquido, álcool gel, sabonetes, presto-barba, água sanitária, desinfetante e sabão anticéptico.

Ciente de que os idosos fazem parte do principal grupo de risco da Covid-19, sabemos que os itens acima listados são de extrema importância neste delicado momento para a preservação da vida das pessoas que vivem na casa, que precisam diariamente estar em contato com alguns dos 52 profissionais de saúde e higiene que atuam no cuidado dos mesmos.

Há alguns dias a casa estava necessitando não somente dos materiais de higiene e prevenção, como também de alimentos, e Karina se demonstrou surpresa por ter recebido nesta sexta-feira (27) a doação de muitas frutas e legumes. “A gente nem esperava essa quantidade, porque antes quando a gente pedia recebíamos o mínimo”. Devido a grande quantidade de horti fruti recebidos no asilo, a nutricionista precisou se organizar para conservar os alimentos. “Vamos ter que fazer o processo de branqueamento, vamos congelar porque chegou uma demanda boa de uma vez, então a gente tá capacitando e orientando as cozinheiras e cuidadoras para armazenar e estocar o que a gente conseguir congelar”, explicou Karina.

Karina também pediu uma atenção aos doadores para a questão de equipamentos que podem facilitar o trabalho das cozinheiras que atendem aos idosos. Para evitar aglomeração de cozinheiras e ajudantes de cozinha no preparo das refeições seriam necessários que o asilo receba aparelhos eletrodomésticos, como o multiprocessador e descascador de legumes. “As meninas geralmente elas descascam e picam com as mãos, isso demanda muito tempo, a gente tem que fazer um revesamento de quatro em quatro para poder evitar aglomeração , então não tem nem como estar sobrecarregando a equipe”, disse a nutricionista.

Os médicos que atendem os idosos que residem na casa são voluntários, clínico geral, psiquiatra, cardiologista, são acionados caso haja alguma emergência, além disso o Lar São Vicente de Paula conta com a assistência de outros profissionais. “A casa tem enfermeira, que é a responsável pela saúde dos idosos. Há técnicos, técnicos de enfermagem, cuidadores de idosos, os auxiliares de cuidados.  Temos uma mini farmácia dentro de casa, qualquer caso diferente é registrado e os telefones dos médicos que são voluntários são acionados para sabermos se é necessário acompanhar o idoso ao posto ou se é melhor que uma equipe de Samu venha até o local”, finalizou Karina.

As doações ao Lar São Vicente de Paula estão sendo recebidas na portaria do asilo, que fica na rua Doutor Furtado de Menezes, 49, Cabeças.

Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone: (31) 3551-1044.

Comentários do Facebook
Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar