O que você procura?

Com sete da base, Cruzeiro abre 2020 contra o Boa Esporte

Maicon Costa 22 de janeiro de 2020 às 11:12
Tempo de leitura
3 min

Começa hoje (22) aquela que promete ser uma das mais difíceis temporadas da história do Cruzeiro. Rebaixado pela primeira vez em sua história à Série B do Brasileirão e passando por incrível crise financeira e administrativa, o time celeste recebe o Boa Esporte, às 21h30, no Mineirão, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro de 2020.

Mesmo após quase 20 dias do início dos trabalhos no clube, a situação no Cruzeiro é de muita indecisão. Alguns jogadores ainda não sabem seu destino, poucos reforços chegaram e outros atletas ainda processam o time na justiça. O clima de incerteza no time fica claro quando se olha para o elenco celeste.

Tirando os atletas que processam a Raposa na justiça, os que já se sabe que não irão continuar e os reforços ainda não confirmados, somente oito jogadores em todo o plantel não são oriundos das categorias de base estreladas: Fábio, Edílson, João Lucas, Léo, Manoel, Machado, Ariel Cabral, Robinho e Rodriguinho. Destes, as presenças de Ariel e Rodriguinho são bem improváveis.

Do provável time que iniciará a partida contra o Boa Esporte na noite desta quarta-feira (22), sete jogadores são oriundos das categorias de base do clube. A média de idade da equipe será de 24 anos, um número infinitamente inferior ao da equipe considerada titular em 2019, que contava somente com Éderson e David abaixo da linha dos 30.

Cruzeiro

Para o jogo de hoje, o treinador Adilson Batista deve mandar apenas quatro titulares remanescente de 2019. São eles o goleiro Fábio, o zagueiro Léo, o lateral-direito Edílson e o meia Rodriguinho. De resto, apenas jogadores oriundos da base celeste: o zagueiro Cacá, o lateral Rafael Santos, os volantes Edu e Adriano, o meia Maurício e os atacantes Welinton e Judivan.

Com sete da base, Cruzeiro abre 2020 contra o Boa Esporte

Edílson é um dos poucos remanescentes da equipe que empatou com o Boa Esporte por 2 a 2, fora de casa, no Campeonato Mineiro de 2019 – Crédito da foto: Vinnicius SIlva/Cruzeiro

Boa Esporte

Comandada mais uma vez pelo icônico Nedo Xavier, o atual campeão do interior manteve a base que jogou a Série C em 2019. O volante Nonoca, um dos principais jogadores do Boa Esporte, e emprestado pelo Cruzeiro, não deverá ir para o jogo.

LEIA TAMBÉM:  Donnarumma estreia pelo PSG em vitória por 4 a 0 em cima do Clermont Foot

Ficha técnica – Cruzeiro x Boa Esporte

Motivo: Primeira rodada do Campeonato Mineiro – Módulo I de 2020

Data e hora: Quarta-feira, 22 de janeiro, às 21h30 (horário de Brasília)

Local: Mineirão, Belo Horizonte – MG

Provável escalação do Cruzeiro: Fábio; Edilson, Cacá, Léo e Rafael Santos; Edu e Adriano; Maurício, Rodriguinho; Welinton e Judivan. Técnico: Adilson Batista.

Provável escalação do Boa Esporte: Renan Rocha; Chiquinho Alagoano, Wesley, Fernando Fonseca e Cesinha (Carlinhos); Claudeci, Caio César e Gindré; Léo Goteira, Carlinhos e Jefferson. Técnico: Nedo Xavier.

Transmissão: Premiere.

Arbitragem: Ronei Cândido Alves apita a partida, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Leonardo Henrique Pereira. A quarta árbitra será Andreza Helena de Siqueira.

LEIA TAMBÉM:  Rafael Menin fala em quitar dívidas do Atlético até 2026 e revela folha salarial do elenco

Além da partida entre Cruzeiro x Boa Esporte, jogam hoje (22), às 20h, Tupynambás x Tombense, às 20h30, América x Caldense, e às 21h, Patrocinense e Villa Nova.

Veja também: Especial Campeonato Mineiro 2020: Boa Esporte, o clube polêmico de Varginha