O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Cruzeiro XXI: qual o maior lateral-direito do Cruzeiro no século?

Maicon Costa 7 de maio de 2020 às 12:17
Tempo de leitura
4 min

Que o Cruzeiro é um dos maiores clubes do mundo, respeitado dentro e fora do Brasil, não restam dúvidas. O time celeste sempre foi referência de conquistas, bom futebol e grandes jogadores. Mas torcedor, você já parou para pensar quais são os maiores jogadores da Raposa no século XXI? Bom, vide a gama de craques que vestiram a camisa estrelada, essa pergunta não é a mais fácil de responder. Mas, com sua ajuda, nós do Mais Minas tentaremos respondê-la.

Nos próximos dias realizaremos enquetes com os maiores e melhores jogadores do Cruzeiro em cada posição, falando um pouco de suas trajetórias com a camisa celeste e você, torcedor, irá votar em seus favoritos. Ao final das matérias, que serão divididas em goleiros, laterais-direitos, zagueiros, laterais-esquerdos, volantes, meias, atacantes e técnicos, iremos analisar os mais votados e montar uma seleção da Raposa no século XXI.


E após votarmos no melhor goleiro, teremos agora a eleição que decidirá o maior lateral-direito do Cruzeiro no século XXI.

Maurinho (2003-2006 e 2008)

A primeira opção é um nome inesquecível entre os torcedores celestes. Maurinho foi o nome da lateral-direita Cruzeiro naquele que foi um dos anos mais vitoriosos da história do clube, 2003, quando a Raposa levantou a até então inédita Tríplice Coroa.

Além da passagem que durou entre 2003 e 2006, Maurinho voltou ao clube em 2008, mas na época a próxima opção já reinava soberano na posilão. Pelo Cruzeiro, o ex-lateral conquistou o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil em 2003, e foi ainda tricampeão mineiro nos anos de 2003, 2004 e 2008.

Cruzeiro XXI: qual o maior lateral-direito do Cruzeiro no século?

Crédito da foto: Arquivo Folha Press

Jonathan (2005-2010)

Revelado nas categorias de base do Cruzeiro, Jonathan não conquistou grandes títulos com a camisa da Raposa, batendo na trave duas vezes, sendo vice-campeão da Libertadores de 2009 e do Brasileirão de 2010. Mas se no quesito conquistas, o mineiro nascido em Conselheiro Lafaiete conquistou “apenas” três estaduais, em 2006, 2008 e 2009, seu bom futebol marcou a memória do torcedor celeste.

Muito ofensivo, Jonathan se destacou pelo alto número de gols para a posição. Um dos exemplos disso é a final do Campeonato Mineiro de 2009, quando o jogador fez dois gols na goleada de 5 a 0 sobre o rival Atlético.

Jonathan Lateral

Crédito da foto: Douglas Magno/Vipcomm

Ceará (2012-2015)

Ceará chegou ao Cruzeiro após um longo período no PSG, da França, e logo tomou conta da então carente lateral-direita do time. O jogador, já veterano, mais muito técnico e com uma entrega fora do comum, participou da reconstrução do combalido time de 2012 para o bicampeão brasileiro em 13 e 14.

Muito regular, Ceará chegou a jogar na lateral-esquerda e foi muito importante para o crescimento do próximo nome da lista, Mayke. O jogador deixou o clube ao final de 2015, mas seu nome jamais será esquecido pelo cruzeirense.

Cruzeiro XXI: qual o maior lateral-direito do Cruzeiro no século?

Crédito da foto: Wander Faria/Gazeta Press

Mayke (2013-2017)

Mais uma cria da base celeste, Mayke se assemelhou muito a Jonathan em seu surgimento. Muito rápido, o jogador se destacou no time bicampeão brasileiro em 2013 e 2014, se revesando na ala direita do Cruzeiro com o veterano Ceará.

Naquele elenco, o jogador distribuiu diversas assistências e ainda muito jovem levou o prêmio Bola de Prata do Brasileirão de 2013. O decorrer de sua carreira no Cruzeiro jamais alcançou o tamanho que seu potencial indicava e depois de um tempo ele foi negociado co o Palmeiras, onde está até hoje.

No ano de 2018, Mayke se envolveu numa confusão após uma partida entre Cruzeiro e Palmeiras e tentou agredir alguns atletas do clube que o revelou. E no meio da confusão, o lateral acabou levando um soco no rosto do atacante Sassá. As cenas rodaram o Brasil e o mundo e a partir daí a torcida celeste criou certa aversão ao ex-lateral do clube.

Mayke Lateral

Crédito da foto: Lance

[mpp id=”2″]

Caso não consiga votar abaixo, clique aqui.

Veja também: Qual o maior goleiro do Cruzeiro no século?

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.