20.5 C
Belo Horizonte
quinta-feira, 29 setembro 2022

Ligeiro favoritismo do Cruzeiro dá esperança de virada

Cruzeiro e Fluminense se enfrentam no Mineirão...

Edu volta a fazer a diferença e se prova como única referência do Cruzeiro

Atacante saiu do banco para colaborar com a vitória azul
Portal Mais MinasFutebolCruzeiroPegando fogo: veja as notícias que esquentaram os bastidores do Cruzeiro nas últimas horas

Pegando fogo: veja as notícias que esquentaram os bastidores do Cruzeiro nas últimas horas

O torcedor da Raposa, aparentemente, não tem um momento de paz sequer. Após as saídas de Pedro Lourenço e Alexandre Mattos, que comandavam o futebol, novas bombas estremeceram as bases da Toca II. Durante a última quinta-feira (9) e a manhã desta sexta (10), acontecimentos internos devem culminar em mais saídas de jogadores do Cruzeiro.

Enquanto David e Éderson acionaram o clube na Justiça, Léo foi sondado e Dodô liberado. Na contramão disso tudo, o Red Bull Bragantino retirou a oferta por Fabrício Bruno; entenda os casos.

David e Éderson

Após Thiago Neves e Fabrício Bruno, os dois jogadores também processaram a Raposa por falta de pagamentos. O borborinho começou quando atletas faltaram aos treinamentos da última quinta-feira (9) sem dar explicações. Os jogadores passam a ter direito ao processo quando o clube completa três meses sem cumprir os honorários, como é o caso do Cruzeiro. Se vencerem, eles terão domínio sobre os próprios passes, e ficam livre para jogar em qualquer clube.

No caso de David, há o interesse e um negociação envolvendo o Fortaleza. Éderson, no entanto, foi ligado ao Atlético Mineiro. Segundo a Rádio Itatiaia, o camisa 15 foi oferecido ao rival do Cruzeiro, que ainda estuda a situação.

Pegando fogo: veja as notícias que esquentaram os bastidores do Cruzeiro nas últimas horas
Éderson, David e Cruzeiro resolverão futuro nos tribunais – Créditos da foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Léo

Com um salário bem acima do teto de R$ 150 mil, teto estipulado pelo clube, a saída do camisa 3 não está descartada. A princípio, o Bahia surge como interessado, e busca o empréstimo de uma temporada.

Dodô

O lateral foi liberado pelo time celeste, que não irá exercer a obrigação de compra junto à Sampdoria, embora fosse uma cláusula contratual. Agora, o atleta está livre para procurar outro clube.

Fabrício Bruno

O zagueiro, que outrora esteve fechado com o Red Bull Bragantino, agora terá de esperar. Em entrevista ao Portal Deus Me Dibre, Alexandre Mattos, ex-diretor do Cruzeiro, afirmou que o clube paulista recuou do negócio por receio em relação às questões judiciais entre o camisa 25 e a Raposa.

Leia mais: Em entrevista exclusiva, Mais Minas conversa com Célio Lúcio, técnico do Cruzeiro na Copinha

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: