23.5 C
Belo Horizonte
sábado, 1 outubro 2022
Portal Mais MinasEsporteFutebolO futuro dos campeonatos estaduais

O futuro dos campeonatos estaduais

Veja quais são os principais problemas que os campeonatos estaduais possuem que podem causar o seu fim

Os campeonatos estaduais no Brasil já foram mais populares entre os fãs de futebol, o que podemos perceber é que este tipo de campeonato vem perdendo força em diversos aspectos e apresentando uma série de problemas. Então, muitos jornalistas e profissionais da área esportiva começaram a se perguntar sobre o impacto que teria um fim dos estaduais.

É, parece ser uma notícia muito drástica ao escutar assim, mas existem uma série de fatores que podem estar levando o mercado do futebol brasileiro para este fim. Até mesmo para os apostadores em casas de aposta, os campeonatos estaduais estão cada vez menos atrativos e os usuários não querem mais fazer palpites campeonato paulista ou até mesmo no Cariocão, que são os mais populares.

Neste artigo nós vamos discutir quais são os motivos pelos quais os campeonatos estaduais podem estar caminhando para um final amargo e quais poderiam ser as soluções para o buraco que deixariam.

Principais problemas dos Campeonatos Estaduais

Os campeonatos estaduais estão sendo avaliados em diversos pontos, como:

Sobrecarga de jogos

Aos poucos todos estão percebendo como os campeonatos estaduais podem ser o problema principal um sobrecarga sobre os jogadores e clubes. Afinal, no Brasil os grandes times chegam a jogar quase 80 vezes em uma temporada, se estiver inserido em todos os principais campeonatos do país e da América latina.

Para título de comparação, um grande time europeu em uma temporada com muitos jogos e disputas de títulos, joga um pouco mais de 55 jogos oficiais. A grande diferença entre os dois continentes está no campeonato estadual, já que este torneio adiciona mais de 15 jogos oficiais ao calendário dos grandes times.

Isso também influência no tempo de férias e descanso que os jogadores atuando no Brasil possuem, já que a temporada começa mais cedo por conta dos estaduais.

Pouco incentivo televisivo e poucos patrocínios

Além de tudo isso, este é um tipo de campeonato que já não está trazendo mais receita para os times com relação a contratos televisivos e propagandas. A principal emissora interessada em grandes estaduais como o Carioca e o Paulista, já está fechando as portas para contratos de transmissão por conta da queda de audiência, deixando o campeonato ainda mais desfalcado.

Títulos que perdem o valor

Os títulos de campeonatos estaduais ainda são o principal incentivo para as equipes e jogadores, porém com uma grande soberania dos grandes times de cada estadual. São poucas às vezes que os times menores conseguem ganhar um jogo contra os grandes times tradicionais, sem mencionar que dentre os melhores do estado existem aqueles que possuem muitos mais títulos.

No Carioca, o Flamento possui 37 títulos totais, seguido pelo Fluminense com 32 e o Vasco com 24. A competitividade até mesmo entre os rivais do mesmo estado têm diminuído, e assim também diminuem a importância do campeonato.

Quais as possíveis soluções?

Muito se discute sobre o cancelamento total de todos os campeonatos estaduais, então muitos especialistas são a favor da decisão. Mas, então os times menores não teriam mais receita e campeonatos importantes para atuar, então a solução seria incluí-los na Copa do Brasil, aumentando muito o número de equipes participando deste torneio e os dando a chance não só de ganhar um campeonato grande e com um prêmio generoso, como também cedendo vaga em outros campeonatos continentais para os primeiros colocados, como a Libertadores e a Sul-Americana.

Concluindo

Enquanto alguns dizem que esta é a última década dos estaduais, outros afirmam que a tradição deste tipo de campeonato vai mantê-los funcionando, vamos ter que aguardar para ver.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: