19.4 C
Belo Horizonte
terça-feira, 6 dezembro 2022

Renova Excursão

Quais são as seleções favoritas para a Copa do Mundo?

Em menos de um mês começa a Copa do Mundo do Catar, e a expectativa dos torcedores para a competição já está alta. Afinal, quem será o campeão? Esta é a pergunta que não sai da boca do povo. De acordo com as casas de apostas, sete seleções são as grandes favoritas ao título. Se você também gosta de fazer previsões, aproveite o código de bônus bet365 para dar os seus palpites

As principais casas de apostas indicam as seguintes seleções como candidatas a levantar a taça: Brasil, França, Argentina, Espanha, Alemanha, Inglaterra e Portugal. O título ficará com alguma delas ou teremos surpresas? Embora alguma equipe sempre possa surpreender, é indiscutível que as seleções citadas, além de tradicionais, estão repletas de grandes jogadores.

Brasil

Apontada como a principal favorita, principalmente por sua tradição, a seleção brasileira chega com moral ao Catar. Isso porque, nos últimos jogos, Tite conseguiu fazer uma mescla interessante entre jogadores experientes e jovens talentosos. Nomes como Antony, Rodrygo e Vinícius Jr. já despontam na Europa e dão muitas esperanças ao torcedor. Com uma espinha dorsal formada por Alisson, Thiago Silva, Marquinhos, Casemiro e Neymar, o Brasil tem tudo para ir longe na Copa.

França

Atual campeã mundial, a França talvez seja, de fato, a grande favorita ao título. Além do status de ser a detentora do título, não faltam boas opções para o treinador Didier Deschamps compor o elenco. A dupla de ataque, por exemplo, é composta simplesmente por Mbappé e Benzema, dois jogadores que vivem uma ótima fase – o atacante merengue acabou de ser eleito o melhor jogador do mundo. No entanto, os franceses ainda têm à disposição Pogba, Lloris, Varane, Griezmann, Camavinga e muitos outros.

Argentina

Ter no time um dos maiores jogadores de todos os tempos é um luxo que poucos já tiveram ao longo da história. Este é precisamente o caso da Argentina, que no Mundial do Catar poderá contar com os serviços de Lionel Messi. O craque, aliás, tem uma motivação extra para a competição, já que esta será sua última participação em uma Copa do Mundo. Mas a Albiceleste não depende exclusivamente dele. Scaloni conseguiu desenvolver um trabalho coletivo interessante e não é à toa que a Argentina venceu a última Copa América e, também, a Finalíssima.

Espanha

Algumas décadas atrás, a Espanha era aquele time que sempre tinha bons jogadores mas nunca vencia nada. Isso tudo mudou no começo deste século, quando a geração de Xavi, Iniesta e companhia conquistou, em um período de quatro anos, duas Eurocopas e uma Copa do Mundo. Agora, a seleção que sempre teve bons jogadores também tem autoconfiança – e vai para o Catar para disputar o título.

Alemanha

Se nos últimos anos a Espanha consolidou-se como uma das grandes seleções, a Alemanha sempre foi, desde os primórdios do futebol, um dos titãs do esporte. Com quatro títulos conquistados, os alemães vão em busca do penta para se igualarem ao Brasil como os maiores campeões mundiais. Bons jogadores não faltam para Hansi Flick, que pode contar com nomes como Thomas Müller, Manuel Neuer, Marco Reus, Ilkar Gundogan, Kimmich, Süle, Havertz, Sané, e Timmo Werner.

Inglaterra

Campeã do mundo em 1966, a Inglaterra tenta desde então conquistar o seu bicampeonato. A atual geração, de Harry Kane, Raheem Sterling e Phil Foden, é muito talentosa e tem batido na trave nas principais competições do planeta. Em 2018, os ingleses chegaram à semifinal da Copa do Mundo, enquanto em 2020 foram vice-campeões da Eurocopa. Será que chegou a hora de a Inglaterra voltar a conquistar o mundo?

Portugal

Outro país que tem à disposição um dos maiores jogadores de todos os tempos é Portugal, pátria de Cristiano Ronaldo. Todavia, CR7 já não vive seu auge e tem passado por momentos conturbados no Manchester United. Independetemente disso, sua experiência e poder de decisão não podem ser descartados. E a seleção portuguesa ainda tem outros jogadores talentosos, como Bernardo Silva, Bruno Fernandes, João Félix e Pepe.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: