O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Clássico entre Atlético e Cruzeiro tem poucas chances de ocorrer em 2020

Rômulo Soares 28 de julho de 2020 às 10:44
Tempo de leitura
3 min

O ano de 2020 é mesmo atípico para o futebol mineiro, isso não só pela parada por conta do novo coronavírus, mas também pelo fato dos dois maiores clubes do estado estarem ainda disputando a classificação para a segunda fase do Campeonato Mineiro na última rodada. De acordo com o site Probabilidades no Futebol, mantido pelo Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), há 96,6% de chances de Atlético e Cruzeiro não estarem juntos nas semifinais do estadual, algo que não acontece desde 1996, quando o Galo foi eliminado nas quartas de final pelo Villa Nova perdendo a primeira partida por 3 a 1, em Nova Lima, e vencendo por 1 a 0 no Mineirão.

A partir de 1998, em todas as 21 edições, Atlético e Cruzeiro estiveram entre os quatro semifinalistas do Campeonato Mineiro. Além disso, de lá para cá, foram 10 títulos cruzeirenses e oito atleticanos, outros dois ficaram com o América e um foi conquistado pelo Ipatinga. A edição de 2002 não foi consderada, já que os três times da capital mineira não participaram da competição, pois, no mesmo período, jogaram a terceira e última edição da Copa Sul-Minas.


Em 2003, o Cruzeiro conquistou o Campeonato Mineiro que, pela primeira vez, foi disputado em pontos corridos, mas em turno único. A fórmula do estadual de como conhecemos atualmente, dividido em pontos corridos seguido de mata-mata, começou em 2004, que também foi conquistado pela Raposa.

Números

São três clubes que disputam por duas vagas na 11ª e última rodada do Campeonato Mineiro. Caldense, Atlético e Cruzeiro estão classificados em terceiro, quarto e quinto colocado, respectivamente. De acordo com o estudo elaboado pela UFMG, há 96,6% de chance da equipe de Poços de Caldas se classificar. Já o Galo tem 77,7% de chances dde classificação, e a Raposa tem 25,7%.

Caso se concretize a maior porcentagem, ou seja, o Atléticou o Cruzeiro ficarem fora da segunda fase da competição, não haverá mais clássico mineiro nesta temporada, pois ambos estão em divisões diferentes no Campeonato Brasileiro e o Galo foi eliminado precocemente na Copa do Brasil.

Em termos práticos, o Cruzeiro vive um pequeno drama, precisando golear a Caldense por pelo o menos 3 a 0 para depender apenas dele para se classificar para as semifinais do Campeonato Mineiro. A Raposa e a Veterana se enfrentam na próxima quarta-feira (29), no estádio Ronaldo Junqueira, conhecido como Ronaldão, às 21h30.

Já o Atlético depende de uma vitória simples sobre a Patrocinense amanhã, às 21h30 , na Arena Independência, para se classificar para a segunda fase do Campeonato Mineiro. Caso haja empate ou derrota do Cruzeiro, o Galo também é classificado.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.