Coronel FabricianoNotíciasPlantão Policial

Jovem espalha bombas em Coronel Fabriciano e ateia fogo em escola

Adolescente afirma que queria dar visibilidade para sua causa

Um adolescente de 17 anos foi detido pela polícia após fazer diversos atentados, em Coronel Fabriciano, região metropolitana do Vale do Aço. O jovem espalhou bombas por vários pontos da cidade, além de atear fogo em um carro próximo à prefeitura da cidade, no jardim da mesma e na escola que estuda.

O jovem além de atear fogo na escola, danificou computadores e documentos. O incêndio foi contido pelos bombeiros e policiais, e ninguém se feriu. De acordo com o adolescente, ele não tinha intenção de machucar ninguém, mas de dar visibilidade a sua causa.

O carro que o adolescente ateou fogo, em frente a prefeitura, pertencia a uma servidora pública. De acordo com a polícia militar, ele não aparenta sofrer problemas psicológicos. Segundo o jovem, o ato foi em protesto ao Estado e as instituições.

Segundo o tenente coronel da Policia Militar Warley Silva, o garoto disse estar revoltado com o governo, vacinas e alimentos transgênicos. “Ele não conseguiu explicar a motivação concreta dessa reação dele. Ele simplesmente disse que é revoltado com o Estado.”, afirmou o tenente coronel.

O jovem foi detido na escola onde estuda e com ele foram apreendidos líquidos inflamáveis, pólvora e anotações. A polícia apreendeu computadores encontrados em sua casa.

Jovem espalha bombas em Coronel Fabriciano e ateia fogo em escola
Material apreendido pela PM – Crédito da foto: Divulgação

Bombas na cidade

Além dos crimes praticados na cidade, o adolescente espalhou bombas caseiras em pelo menos dois pontos da cidade. Entretanto, nenhum dos explosivos foi acionado. Uma das bombas estava colocada na rodoviária da cidade. O segundo explosivo estava em uma agência bancária de Coronel Fabriciano.

De acordo com Warley Silva, tenente coronel da PM, o jovem disse que aprendeu a confeccionar os explosivos na internet. A prefeitura de Coronel Fabriciano disse, em nota, estar acompanhando as investigações e irá reforçar a segurança no local.

 

Fechar