15.5 C
Belo Horizonte
terça-feira, 16 agosto 2022

Acumulada, Lotofácil pode pagar R$ 4 milhões nesta segunda-feira (15)

Algo raro mas não impossível de acontecer,...

Apostadores das cidades de BH, Contagem, Itabira, Uberlândia e outras são premiadas na Mega-Sena de sábado (13)

Apostadores de Morretes e Ponta Grossa (PR), Duque de Caxias (RJ) e Barueri (SP) dividem prêmio principal, de R$ 26 milhões
Portal Mais MinasLoteriasMega-SenaMega da Virada 2021: tudo sobre o maior prêmio da história das Loterias

Mega da Virada 2021: tudo sobre o maior prêmio da história das Loterias

Apesar de ainda jovem, prestes a completar apenas 13 anos de seu primeiro sorteio, essa modalidade de loteria especial se tornou o maior sonho de muitos brasileiro que pensam em uma vida melhor. Com valores fora do comum para premiações, a Megada Virada é o concurso especial da Mega-Sena, a maior e com mais altos prêmios entre as loterias do Brasil.

E se a Mega-Sena por si só já oferece premiações altíssimas, a Mega da Virada eleva a outro patamar os valores envolvidos. Inclusive, no ano de 2021, a expectativa é que o vencedor do concurso ganhe um valor superior aos R$ 350 milhões, o que configura o maior prêmio de loteria da história, em território brasileiro.

Probabilidades

As probabilidades de acerto da Mega da Virada variam de acordo com o número de dezenas adquiridas pelo apostador. Apesar disso, estes são dados subjetivos. Como se trata da sorte, é impossível prever quem serão os acertadores e alguém com seis números pode ganhar de alguém que comprou quinze, ou vice versa.

Vamos às probabilidades de acerto (1 em) comprando:

  • Seis dezenas: Quadra – 2.332.; Quina – 154.518; Sena – 50.063.860.
  • Sete dezenas: Quadra – 1.038; Quina – 44.981; Sena – 7.151.980.
  • Oito dezenas: Quadra – 539; Quina – 17.192; Sena – 1.787.995.
  • Nove dezenas: Quadra – 312; Quina – 7.791; Sena – 595.998.
  • Dez dezenas: Quadra – 195; Quina – 3.973; Sena – 238.399.
  • Onze dezenas: Quadra – 129; Quina – 2.211; Sena – 108.363.
  • Doze dezenas: Quadra – 90; Quina – 1.317; Sena – 54.182.
  • Treze dezenas: Quadra – 65; Quina – 828; Sena – 29.175.
  • Quatorze dezenas: Quadra – 48; Quina – 544; Sena – 16.671.
  • Quinze dezenas: Quadra – 37; Quina – 370; Sena – 10.003.

Valores das apostas

Bilhete de aposta da Mega-Sena

As apostas da Mega Sena da Virada custam quantias diferentes, dependendo da quantidade de números adquiridos pelo jogador. Caso escolha marcar seis números, menor quantidade disponível, o custo da aposta será de R$ 4,50. Nestas condições, as probabilidades de vitória são menores, já que não há margem de erro para o prêmio máximo, por exemplo. Ou seja, um erro sequer já anula a chance de acerto da sena.

Conforme a quantidade de números comprados for maior, os valores também aumentarão. Sete dezenas custam R$ 31,50; oito dezenas, R$ 126,00; nove, R$ 378,00; dez, R$ 945,00; onze, R$ 2.079,00; doze, R$ 4.158,00; treze, R$ 7.722,00; 14, R$ 13.513,50 e, por fim, quinze, o número máximo de números possíveis de se apostar, custando R$ 22.522,50.

Ganhando com menos acertos

Caso você não seja daqueles super sortudos, mas um pouquinho menos, não precisa se preocupar. Também existem prêmios, mesmo que mais modestos, para acertadores de menos números, com a quina (cinco números) e a quadra (quatro números). Como a Mega da Virada não acumula, caso ninguém ganhe o primeiro prêmio com seis números, a premiação vai sendo passada para as faixas seguintes, até que haja um ganhador.

Histórico da Mega da Virada

A Mega da Virada surgiu em 2008, ainda com o nome de Mega-Sena Especial de Final de Ano. Como ambas as denominações já inferem, os sorteios do concurso especial são realizados no dia 31 de dezembro de cada ano, fazendo com que os sortudos ganhadores já iniciem o ano seguinte de vida nova.

Primeiro concurso

A primeira edição da Mega da Virada teve sua arrecadação iniciada seis meses antes do sorteio, com a fração de 5% de cada concurso realizado pela Mega-Sena destinado para a edição especial, acumulando um prêmio de R$ 37.025.110,94, cerca de 10% do valor estimado para 2021, o que mostra a valorização dos números do concurso em seus 13 anos de existência.

O concurso que estreou a loteria especial foi o de número 1035 e as seis dezenas sorteadas foram 01-11-26-51-59-60. Um fato curioso é que na ocasião, não houve acertador dos seis números e, pelo formato da edição de inauguração, o valor acumulou para o concurso seguinte, de número 1036. Com isso, os mais de R$ 37 milhões foram para um ganhador de edição normal da Mega-Sena.

Renomeação: Mega-Sena da Virada

No ano seguinte, em 2009, o concurso especial, que foi o de número 1140, foi renomeado de Mega-Sena Especial de Final de Ano para Mega-Sena da Virada. Mas não foi só seu nome que mudou em relação a edição de 2008.

Foi adotado um projeto ambicioso para a Mega-Sena da Virada de 2009: transformar seu prêmio no maior entre as loterias da América do Sul. Para isso, 5% do valor arrecadado de cada edição da Mega-Sena daquele ano foi destinado à premiação do concurso especial, somando-se ao valor específico voltado ao concurso especial, que começou a receber apostas em novembro daquele ano.

Com essas mudanças, o valor do prêmio quase quadruplicou em relação ao do concurso de estreia, em 2008. Após iniciar com R$ 37.025.110,94, naquele ano, o valor destinado ao prêmio principal foi de R$ 144.901.494,91. O valor exorbitante chamou a atenção de apostadores Brasil afora, o que resultou num contingente de 70 milhões de jogadores, com uma média de três apostas por cartão. Isso representou uma arrecadação total de R$ 435.346.884,00.

Uma outra mudança importante na configuração do concurso especial foi o fim da acumulação. Ou seja, diferentemente do que ocorreu em 2008, o prêmio não seria exclusivo somente a aqueles que acertarem as seis dezenas sorteadas. Caso não houvesse vencedor na primeira faixa, com seis números, os valores seriam destinados aos acertadores de cinco dezenas (quina), caso o prêmio permanecesse intocado na categoria, seriam considerados os acertadores de quatro número (quadra), e assim por diante.

É importante ressaltar que a cada diminuição na quantidade de números necessários para conquista do prêmio, maior é a probabilidade de mais pessoas acertarem-no, resultando, assim, em maior divisão dos valores.

O sucesso da Mega-Sena da Virada de 2009 foi tão grande que a Rede Globo de Televisão transmitiu o sorteio, realizado em São Paulo, assim como o de 2008, em rede nacional. Os números sorteados na Estação da Luz, naquele dia, foram: 10 – 27 – 40 – 46 – 49 – 58.

Diferentemente do que houve em 2008, dessa vez dois apostadores foram sortudos e “cravaram” os seis números que apareceram no sorteio. Sendo assim, cada aposta premiada recebeu um valor de R$ 72.450.747,46, enquanto o prêmio da quinta foi de R$ 34.724,23 para cada um dos 734 acertadores de cinco números. Já a quadra saiu em 55.988 bilhetes, o que rendeu R$ 650,33 para seus donos.

Os primeiros vencedores de uma Mega-Sena da Virada na história eram das cidades de Brasília, no Distrito Federal, e Santa Rita do Passa-Quatro, em São Paulo. O valor pago aos dois sortudos representou, ainda, o tão buscado recorde de premiação numa loteria na América do Sul, objetivo traçado no momento de reformulação do concurso especial, entre 2008 e 2009.

Mega da Virada 2010 e novo recorde

Após o grande sucesso de 2009, a tendência era a Mega da Virada continuar crescendo. E foi isso que ocorreu no ano seguinte, em 2010. De uma edição para a outra, o valor do prêmio final subiu mais 50 milhões, alcançando os R$ 194 milhões no terceiro ano de existência do concurso especial.

Além do valor do prêmio, o número de ganhadores também aumentou, passando de dois para quatro, sendo eles moradores das cidades de Cariacica (ES), Belo Horizonte (MG), Fazenda Rio Grande (PR) e Pinhais (PR). Cada um dos vencedores embolsou nada menos que R$ 48.598.800,00, ao acertarem os seguintes números: 02 – 10 – 34 – 37 – 43 – 50.

O concurso de 2010, de número 1245, ainda pagou R$ 17.722,09 para 1.561 acertadores da quina e R$ 416,34 para 94.921 apostadores que tiveram quatro números premiados em seus respectivos bilhetes.

2011 e uma pausa na quebra de recordes

Após uma sequência de recordes sendo quebrados ano a ano, 2011 acabou não conseguindo se colocar no topo das grandes premiações da Mega da Virada. Mas isso está longe de significar que os números foram irrelevantes. Na ocasião, foram arrecadados mais de meio bilhão de reais, R$ 549,3 milhões, para ser mais exato, nos 88 milhões de bilhetes vendidos.

Quando o assunto são os prêmios, o concurso de número 1350 garantiu R$ 177,6 milhões para serem divididos entre cinco ganhadores que acertaram as dezenas 03 – 04 – 29 – 36 – 45 – 55. De acordo com a Caixa, 954 apostadores acertaram a quina e levaram R$ 33.711,30 reais cada. Outras 85.582 apostas acertaram a quadra e ganharam R$ 536,83 cada. Mesmo não batendo o recorde histórico da Mega Sena, o prêmio ainda foi o maior pago na América Latina daquele ano.

2012 e os 200 milhões

Após o ano de 2011 não conseguir bater o recorde de 2010, 2012 veio para atropelar qualquer parâmetro antes visto e chegar numa marca inédita: a de R$ 200 milhões de premiação. E essa marca foi superada com boa folga. Naquele concurso, de número 1455, os vencedores tiveram direito a um montante de R$ 244,7 milhões, dividido entre três ganhadores, que ficaram com R$ 81,5 milhões cada um.

Os ganhadores foram moradores das cidades de Franca, São Paulo e Aparecida de Goiânia. Esta é, até o momento de escrita deste texto, em 6 de dezembro de 2021, a segunda maior premiação individual da história da Mega da Virada, perdendo somente para a de 2020.

Um fator curioso é que apesar do aumento de quase R$ 70 milhões na premiação entre 2011 e 2012, o número de bilhetes vendidos foi menor no segundo ano, com 85 milhões de vouchers comercializados, uma diminuição de 3 milhões em relação a 2011. Apesar disso, pôde se notar uma valorização de cada bilhete, já que a arrecadação deste concurso foi quase R$ 100 milhões mais alta, totalizando R$ 640,5 milhões.

Os números sorteados no concurso foram: 33 – 14 – 52 – 36 – 32 – 41. Além dos acertadores da sena, 1.368 apostadores acertaram cinco dezenas e levaram R$ 27.413,18, e 113.258 apostadores cravaram quatro dezenas, e receberam R$ 473,01 cada.

2013 e ligeira queda

O ano de 2013 foi mais um que não conseguiu superar o anterior no valor do prêmio. No concurso, de número 1560, quatro acertadores das seis dezenas sorteadas, 20 – 30 – 36 – 38 – 47 – 53, dividiram um prêmio de R$ 224,6 milhões, com cada um deles levando R$ 56,1 milhões. Os bilhetes sorteados eram das cidades de Curitiba, Palotina (PR), Maceió e Teofilândia (BA). A aposta de Palotina era um bolão de 10 cotas, resultando em R$ 5.616.946,00 para cada participante.

Para os 1.147 acertadores da quina, o valor entregue foi de R$ 38.701,20. Os 90.376 ganhadores da terceira faixa de premiação, a quadra, receberam R$ 701,67 cada um. A arrecadação neste sorteio foi de incríveis R$ 758.218.978,00.

2014, ano de recorde

A Mega da Virada pode até não bater recordes anualmente, mas ela também não fica muito tempo sem conquistar essas marcas. Após o ano de 2013 passar batido no quesito, 2014 veio com tudo, vendendo mais de mais de 348 milhões de apostas e arrecadando nada menos que R$ 871,3 milhões, maior da história até aquele momento.

O concurso de 2014, de número 1665, sorteou as seguintes dezenas: 01 – 05 – 11 – 16 – 20 – 56. Quatro apostadores, de São Paulo, Brasília e Santa Rita do Trivelato (MT), fizeram a sena e levaram, cada um, R$ 65.823.888,16, de um prêmio total de mais de R4 263,2 milhões. A quina foi acertada por 2.581 apostadores, com cada um deles recebendo R$ 19.764,32. A quadra saiu em 168.546 bilhetes, com R$ 432,36 de premiação para cada um dos ganhadores.

2015 e ligeira redução

Uma característica dos sorteios da Mega da Virada até então era a intercalação entre quebras ou não de recordes ano a ano e em 2015 não foi diferente. Após o maior prêmio da história sair em 2014, no concurso seguinte houve pequena, para os padrões da loteria especial, redução dos valores.

Em 2015, o número de apostas voltou a superar os 300 milhões, o que garantiu arrecadação de R$ 620,3 milhões. O prêmio total, de R$ 246.533.514,30, foi pago a seis acertadores, com cada um deles levando R$ 41.088.919,05. As apostas premiadas foram originárias das cidades de Água Branca (AL), Cerquilho (SP), Vitória (ES), Vila Velha (ES) e Guaçuí (ES).

Os 827 acertadores da quina do concurso 1775 levaram R$ 43.913,49 cada, enquanto os 62.767 apostadores que cravaram quatro números garantiram R$ 826,55 reais. As dezenas sorteadas na ocasião foram: 02 – 18 – 31 – 42 – 51 – 56.

2016: mais um ano de queda

O concurso 1890, do ano de 2016, teve seu sorteio realizado no Estúdio da TV Globo, em São Paulo, e premiou seis acertadores que cravaram as dezenas 05 – 11 – 22 – 24 – 51 – 53. O prêmio, de R$ 220.948.549,32, voltou a cair em relação ao ano anterior, o que garantiu a cada um dos vencedores, oriundos das cidades de de Salvador (BA), Fortaleza (CE), Trizidela do vale (MA), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS) e Fazenda Vilanova (RS), a “bagatela” de R$ 36.824.758,22.

A arrecadação do concurso foi de R$ 735.869.326,50, superando em mais de R$ 100 milhões a do ano anterior. 1.665 apostas ganharam a quina e levaram R$ 25.481,21 e 124.889 pessoas cravaram a quadra e levaram R$ 485,30 para casa.

2000 e 17 acertos: o ano dos R$ 300 milhões

Como já infere o péssimo trocadilho do subtítulo, 2017 foi um ano bem sortudo, bom, pelo menos para os dezessete, isso mesmo, você não leu errado, dezessete ganhadores da Mega da Virada daquele ano. O número de premiados na primeira faixa de ganhos foi tão alto que até ofuscou, de certa forma, um marco histórico: a primeira vez que o concurso especial da Mega-Sena alcançou os R$ 300 milhões em seu prêmio.

Inclusive o valor de R$ 306.718.743,68 foi o maior prêmio da história da Mega da Virada até o ano de 2020 bater o recorde. Mas, pelo alto número de acertadores da sena, individualmente o prêmio acabou não sendo dos maiores. Aliás, muito pelo contrário, os R$ 18.042.279,04 pagos a cada um dos 17 ganhadores é a segunda menor premiação individual da história do concurso especial, sendo maior somente que a de 2018.

As apostas vencedoras saíram das seguintes cidades: São Paulo (6 apostas: quatro na capital e duas em Guarulhos); Bahia (3 apostas: Prado, Uruçuca e Cruz das Almas); Paraná (2 apostas: São João do Triunfo e Rio Azul); Minas Gerais (2 apostas: Carmo do Cajuru e Contagem); Rio de Janeiro (2 apostas: Rio de Janeiro e Seropédica); Pará (uma aposta em Belém); e Santa Catarina (uma aposta em Brusque). Os números sorteados foram 6 – 37 – 34 – 10 – 03 – 17.

2018 e as 52 apostas ganhadoras

Como disse o spoiler dado no tópico anterior, 2018 registrou o menor prêmio individual de todas as Mega Sena da Virada, apesar de o valor total da premiação ter novamente ultrapassado os R$ 300 milhões, sendo de R$ 302.536.382,72. Isso se deveu pelos incríveis 52 acertadores das seis dezenas, 05 – 10 – 12 – 18 – 25 – 33, que garantiram um valor de R$ 5.818.007,36 para cada um dos vencedores. 

E se segura, pois foram muitas “cidades premiadas”, sendo elas: São Paulo (dez apostas: Adamantina, Guarujá, Pedreira, Praia Grande, Ribeirão Preto, São Bernardo do Campo, Votorantim e três na capital); Acre (uma aposta em Rio Branco); Amazonas (uma aposta em Manaus); Bahia (cinco apostas: Salvador, Feira de Santana, Mata de São João, Valença e três em Euclides da Cunha); Ceará (uma aposta em Várzea Alegre); Distrito Federal (uma aposta em Brasília); Goiás (duas apostas: Bela Vista de Goiás e Jataí); Maranhão (duas apostas: Pedreiras e São Luís); Minas Gerais (seis apostas: Alfenas, Divinópolis, Martinho Campos, São Sebastião do Paraíso e duas em Belo Horizonte); Mato Grosso do Sul (três apostas: Corumbá, Costa Rica e Coxim); Pará (duas apostas: Almeirim e Itaituba); Paraíba (uma aposta em João Pessoa); Pernambuco (uma aposta em Lagoa do Itaenga); Paraná (duas apostas: Campo Mourão e Curitiba); Rio de Janeiro (oito apostas: Angra dos Reis, Barra do Piraí, Nova Iguaçu, Santo Antônio de Pádua e quatro na capital); Santa Catarina (uma aposta em Blumenau); Três apostas ganhadoras foram feitas por canal eletrônico.

2019 e mais um ano de R$ 300 milhões

Após 2017, os R$ 300 milhões mostraram que chegaram para ficar. Pelo terceiro ano seguido, o prêmio máximo bateu essa casa, sendo pago um total de R$ 304.213.838,63, dividido ele para quatro ganhadores, que embolsaram pouco mais de R$ 76 milhões cada um, ao acertarem as dezenas: 03 – 35 – 38 – 40 – 57 – 58.

2020: atual recorde e perda de prêmio

Após dois anos sem recordes, a premiação de 2020 voltou a alcançar valor inédito, chegando em incríveis R$ 325 milhões para somente dois vencedores, o que deu nada menos que R$ 162.625.108,22 para cada um dos sortudos, sendo este, de forma disparada, a maior premiação individual da história da Mega da Virada.

Os dois acertadores no concurso de número 2.330 cravaram as dezenas 17 – 20 – 22 – 35 – 41 – 42, sendo uma delas feita em Aracaju (SE) e a outra feita eletronicamente. Com 1.384 apostas ganhadoras, a quina pagou R$ 48.978,81 para cada um dos ganhadores. Já a quadra, por sua vez, teve 105.342 apostas ganhadoras, com cada uma delas levando R$ 919,27.

Perda de prêmio

Poucas coisas impressionam mais que a possibilidade de ganhar R$ 162 milhões “do dia para a noite”, mas o concurso da Mega da Virada de 2020 trouxe algo ainda mais surpreendente: a perda dessa bolada, após conquistá-la. Isso mesmo. O ganhador do prêmio, no caso o que fez a aposta online, não apareceu para reclamar o prêmio dentro dos 90 dias previstos e, assim, o valor foi repassado integralmente ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), como consta nas regras das Loterias Caixa.

De acordo com as Loterias Caixa, esse não foi o único apostador a não reclamar seu prêmio no ano de 2020, apesar de ser o com valor mais considerável. Somente naquele ano, R$ 311,9 milhões foram repassados ao Fies por não terem sido retirados. Apesar dos números assombrosos, muito desse montante se deve a não retirada de valores menores que se acumulam.

2021: vem recorde por aí

Até a produção deste texto, em 6 de dezembro de 2021, o recorde de premiação seguia com os R$ 325 milhões de 2020, mas tudo indica que o concurso do dia 31 de dezembro de 2021 vem para tomar o posto. Segundo estimativas, quem acertar as seis dezenas sorteadas no fim do ano irá ganhar incríveis R$ 350 milhões.

Bolão

Modalidade de apostas bem comum em loterias, os bolões também podem ser adotados para jogar na Quina. Nesse tipo de aposta, as chances de vitória crescem, pois mais bilhetes são adquiridos e, consequentemente, mais jogos realizados. Por outro lado, em caso de acerto, o prêmio é dividido pelo grupo participante do bolão. De acordo com o site Loterias Caixa, o valor do Bolão da Mega da Virada varia de R$ 10,00 a R$ 67.567,50.

Com valor mínimo de R$ 10,00, os Bolões da Quina não podem ter cota inferior a R$ 5,00. É possível realizar um bolão de no mínimo 2 e no máximo 100 cotas. Se o Bolão efetuado tiver mais de uma aposta, todas elas deverão conter a mesma quantidade de números de prognósticos. Também é possível comprar cotas de bolões organizados pelas Unidades Lotéricas, com a possibilidade de cobrança de Tarifa de Serviço adicional de até 35% do valor da cota.

Teimosinha e Surpresinha

Além das maneiras comuns de se apostar, escolhendo determinados números e marcando a quantidade adquirida no volante da loteria, existem também outras formas de “fazer sua fé”.

A Teimosinha é para aquelas pessoas persistentes ou superticiosas, que preferem não trocar seus números nas apostas. Vai que houve um sonho que parecia entregar os números que seriam sorteados, não é? Assim, o apostador que escolhe jogar neste formato pode concorrer com os mesmo números por três, seis, 12, 18 ou 24 concursos consecutivos. O nome já acaba entregando.

Outra modalidade que permite uma inferência de seu funcionamento tão somente por seu nome é a Surpresinha, que consiste na escolha dos números do apostador feitas pelo sistema das Loterias Caixa. Ou seja, basta escolher com quantos números deseja apostar e assim receber os números “de surpresa”.

O que dá para comprar ao ganhar na Mega da Virada

Um exercício super divertido de se fazer é contabilizar o que um prêmio máximo da Mega da Virada pode comprar. Para fazer o levantamento, iremos utilizar o prêmio estimado para o ano de 2021, de R$ 350 milhões.

Mais apartamentos que em certas cidades

Caso o vencedor ganhe sozinho e queira investir tudo em imóveis, comprando apartamentos populares de R$ 150 mil, ele conseguirá comprar 2333 apartamentos. Mais lares do que em muitas cidades, não é? Agora, caso o ganhador quiser investir em imóveis mais luxosos, ele conseguirá comprar 70 mansões de 5 milhões de reais.

Ferraris ou carros populares?

Os milionários costumam ser apaixonados por carros e com o prêmio da Mega da Virada 2021, um apaixonado por carros luxuosos pode turbinar sua garagem. A Ferrari Roma chegou ao Brasil em 2021 custando R$ 3,3 milhões, sendo assim, com os R$ 350 milhões do prêmio, pode-se adquirir 106 unidades da máquina.

Agora, se forem carros populares do ano o objetivo do ganhador, é possível adquirir incríveis 7954 automóveis que custam R$ 44.000. Sim, quase 8 mil veículos. Haja garagem.

Celulares

Apesar de muito mais baratos que mansões e Ferraris, os celulares são alguns dos principais artigos de ostentação. E com o dinheiro da Mega Sena da Virada, pode-se adquirir 26.923 Iphones 13 Pro Max, um dos mais luxuosos modelos do mercado, que custam cerca de R$ 13 mil.

Agora, pensando em um modelo popular, de R$ 1.200, a quantidade de aparelhos que podem ser comprados com R$ 350 milhões é de 291.666 unidades. Daria para dar um celular para cada morador da cidade de Ipatinga (MG), uma das maiores do estado, e ainda sobrariam cerca de 25 mil unidades para serem distribuídas na cidade de Raul Soares, também em Minas.

Latas de refrigerante

Já que é para se divertir, vamos nos divertir. Caso nosso ganhador da Mega da Virada seja um viciado em refrigerante e resolva gastar R$ 350 milhões em latas da bebida, ele conseguiria adquirir 100 milhões de latas. Se ele for um caridoso do refri e der um para cada pessoal. Quase metade do Brasil ganharia a bebida.

Camisas de time

Todos nós temos paixões. E eu que escrevo esse texto, compartilharei uma delas com vocês: as camisas de time de futebol. Se eu ganhar na Mega da Virada e decidir, quem sabe, comprar tudo nesse tipo de produto, tomando por base o valor de R$ 280, minha coleção aumentaria em 1.250.000 camisas. Tem tanto time assim?

Bora para Paris?

Caso queiramos viajar do Rio de Janeiro para Paris, na França, muitas, muitas, muitas vezes, é possível comprar 116.000 passagens para a capital francesa. Caso se viaje para a “Cidade Luz” diariamente, seriam necessários 317,8 anos para gastar todos os bilhetes adquiridos.

Rendimento

Segundo a Caixa, caso o vencedor leve os R$ 350 milhões sozinho, se aplicado o dinheiro na poupança, o rendimento será de R$ 1,5 milhão mensais. Assim, sem trabalhar e gastar nada do prêmio, é possível comprar um Ferrari a cada dois meses. O ruim é que a gasolina está muito cara, não é mesmo?!

E agora, com todas essas informações tenho certeza que você vai correr para a casa lotérica mais próxima e fazer sua fezinha. Afinal, quem não quer comprar 100 milhões de latas de refri?

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: