Take a fresh look at your lifestyle.

Motivação para curtir a Páscoa sem culpa

A Páscoa se aproxima e com isso a oferta e a procura pelo chocolate vêm aumentando, visto que essa é uma guloseima apreciada por um grande número de pessoas.

Embora geralmente encarado como a tentação para desviar das dietas, o chocolate- se consumido com moderação- também pode proporcionar benefícios à saúde, visto que o cacau, ingrediente principal na produção do chocolate, possui grande potencial antioxidante1. Os antioxidantes, de um modo geral, promovem benefícios ao sistema cardiovascular, entre eles a redução da oxidação do colesterol LDL, a inibição da agregação plaquetária (o que reduz o risco de trombose, vasoconstrição e o acúmulo de colesterol LDL na parede arterial) e a diminuição da resposta inflamatória2.

O chocolate além de antioxidantes possui também em sua constituição algumas vitaminas (A, B, C, D e E), minerais (Ferro, Fósforo, Magnésio, etc.) e o aminoácido triptofano que faz com que o consumo de chocolate esteja associado à melhora no humor, devido à liberação de serotonina-neurotransmissor associado à sensação de bem-estar e diminuição da depressão e ansiedade.

Existem diversos tipos de chocolates, sendo eles classificados conforme sua composição, a qual altera a qualidade nutricional do mesmo, como se pode exemplificar pelo fato de que o chocolate amargo possui mais antioxidantes que o chocolate ao leite, visto que o primeiro possui maior concentração de cacau sendo por isso mais vantajoso nutricionalmente. O chocolate branco é produzido com manteiga de cacau em vez do cacau em si, por isso é o que contém mais baixo teor de antioxidantes sendo, portanto, considerado a escolha menos saudável.

Contudo, o chocolate é uma guloseima calórica, com alto teor de açúcares e gorduras, por isso deve ser consumido com cautela, sem exageros, de modo que as desvantagens não superem os benefícios. Por ser um alimento muito apreciado e de consumo associado à sensação de prazer, a sua ingestão não deve ser proibida (salvo os casos de alergias e/ou intolerâncias), mas simplesmente moderada, pois o chocolate assim como qualquer outra guloseima é eficiente promotor de felicidade, desde que ingerido com bom senso e sem culpas.

Referencias

J.A,; PROCH,J.;BOSE,P.; MUCHLER,S.; TAFFERA,P.;SHUTA,D.;SAMMAN,N.; AGBOR,G.A. Chocolat is a powerful ex vivo and in vivo antioxidant, an antiatherosclorotic agent in an animal model, and a significant contributor to antioxidants in the European and American diets. Journal of Agricultural and Food Chemistry, Easton,v.54.p.8071-8076,2006.

HALLIWELL, Barry. Dietarypolyphenois:Good,bad,or indifferent for your health? Cardiovascular Research.Singapore,v.2.n73.p.341-347,2006

Close