20.4 C
Belo Horizonte
quinta-feira, 29 setembro 2022
Portal Mais MinasMariana (MG)Mariana (MG) aumenta número de ônibus para os bairros Cabanas e Rosário

Mariana (MG) aumenta número de ônibus para os bairros Cabanas e Rosário

Representantes da Transcotta, empresa responsável pelo serviço de transporte coletivo de Mariana, foram até à prefeitura para uma reunião com o prefeito interino Juliano Duarte (Cidadania), na terça-feira, 22 de fevereiro, a fim de tratar se adaptações e melhorias no projeto “Tarifa Zero”, que dá a gratuidade ao uso do ônibus na cidade.

De acordo com Juliano Duarte, dois veículo foram acrescentados para cobrir as rotas de 16h às 19h30, referente aos maiores bairros de Mariana: Cabanas e Rosário. As linhas passarão de 8 para 10 ônibus. Os veículos de reforço também darão suporte nos horários de 6h30 às 8h30, na mesma rota.

“Vamos buscar, junto as secretarias de Administração e Planejamento, a possibilidade de melhorar ainda mais. Estamos cientes de todos os pontos e reclamações e, dentro do possível, fortaleceremos ainda mais o programa”, publicou o prefeito interino em suas redes sociais.

No dia 11 de fevereiro, o Mais Minas noticiou que, com o “Tarifa Zero“, o número de usuários do transporte coletivo em Mariana cresceu 155% e que as reclamações sobre superlotação eram frequentes entre os passageiros. Apesar da ação do prefeito para amenizar o problema, na publicação de Juliano Duarte, alguns marianenses continuaram reclamando de alguns problemas com os ônibus na cidade.

Juliana Santos comentou que a linha que atende Passagem de Mariana também está precisando de reforço. E o prefeito respondeu com: “Vamos melhorando na medida do possível. Vamos continuar buscando as mudanças e readequações.”

Patrícia Anicleto também fez um protesto na publicação de Juliano Duarte. “Infelizmente quem realmente precisa do transporte para trabalhar está pagando caro com a superlotação e também com a falta de educação e de um treinamento adequado dos motoristas da empresa”, comentou a marianense, que não teve resposta.

De acordo com o secretário de defesa social de Mariana, Tenente Freitas, a cidade voltou a ter a alta demanda de transporte coletivo que tinha antes da Covid-19. Segundo Tenente Freitas, em 2018, a média mensal de usuários era em torno de 200 mil pessoas e em fevereiro de 2022, esse número será entre 150 mil e 200 mil passageiros.

A Prefeitura de Mariana disponibilizou um canal para receber as opiniões e sugestões sobre o “Tarifa Zero”. Assim, a população pode enviar sua reclamação ou sugestão por meio do site da Ouvidoria Municipal. Para acessá-lo, basta clicar aqui.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: