O que você procura?


Caminhoneiros bloqueiam duas rodovias em Minas Gerais e ameaçam greve

Os atos são organizados por caminhoneiros um dia após manifestantes pró-Bolsonaro irem às ruas no feriado de 7 de setembro e pedirem o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional, em vários lugares pelo país.

Rômulo Soares 8 de setembro de 2021 às 20:55
Tempo de leitura
2 min
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Caminhoneiros bloquearam duas das principais rodovias de Minas Gerais, a BR-040 e a BR-381, na tarde desta quarta-feira, 8 de setembro. Há risco de ocorrer uma nova greve que poderá afetar diretamente as transportadoras e os mercados de todos os ramos.

Na Rodovia Fernão Dias, o trecho que liga Belo Horizonte a São Paulo, na altura do km 948, na BR-381, a faixa direita da pista, sentido BH, foi interditada por um ato. O tráfego fluiu com lentidão no local, chegando a ter filas de 1 km.

Já na BR-040, uma manifestação interditou completamente a via no km 44, sentido Rio de Janeiro, próximo a Paracatu. Segundo a concessionária que administra a rodovia, o fluxo foi parado com 1 km de engarrafamento.

Os atos são organizados por caminhoneiros um dia após manifestantes pró-Bolsonaro irem às ruas no feriado de 7 de setembro e pedirem o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional, em vários lugares pelo país.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, há bloqueios em rodovias de pelo menos mais oito estados: Maranhão, Paraná, Espírito Santo, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia e Rio Grande do Sul.