14.6 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 29 junho 2022

10 destaques da cidade mineira Santa Bárbara

Relativamente pequena em densidade populacional, porém enorme...

Congonhas é inserida no Mapa do Turismo Brasileiro

Com o Turismo fortalecido pelas belas imagens...

Conheça cinco pontos turísticos em Buenópolis e se surpreenda!

A cultura acolhedora, o aconchego mineiro e os quitutes típicos da região tornam Buenópolis um lugar atrativo aos turistas que estão em busca de passeios mais tranquilos, fugindo da agitação das grandes cidades. 
Portal Mais MinasTurismoAgência espanhola coloca quatro igrejas mineiras entre as 10 mais belas do Brasil

Agência espanhola coloca quatro igrejas mineiras entre as 10 mais belas do Brasil

A agência espanhola “Civitatis” fez um ranking das 10 catedrais mais bonitas do Brasil e incluiu quatro igrejas mineiras. Com grande variedade arquitetônica, do barroco ao modernismo, Minas Gerais foi lembrado pelos espanhóis com os seguintes representantes: Ouro Preto, Sabará, Congonhas e Belo Horizonte.

Na lista internacional, as igrejas mineiras em destaque são:

  • Matriz Nossa Senhora do Pilar – Ouro Preto;
  • Basílica Senhor Bom Jesus de Matosinhos – Congonhas;
  • Igreja Nossa Senhora do Ó – Sabará;
  • Igreja São Francisco de Assis, também conhecida como igrejinha da Pampulha – Belo Horizonte.

Completam a lista espanhola:

  • Mosteiro São Bento – Rio de Janeiro;
  • Igreja São Francisco da Penitência – Rio de Janeiro;
  • Catedral da Sé – São Paulo;
  • Capela Dourada – Recife (PE);
  • Catedral Metropolitana – Brasília (DF);
  • Igreja e Convento São Francisco – Salvador (BA).

Durante a pandemia, visitas turísticas às igrejas foram suspensas e em algumas cidades, como Sabará, ainda não estão liberadas. As portas da catedral sabaraense também estão fechadas por conta da queda de receita na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, que impede que se mantenha um funcionário no local.

Agência espanhola coloca quatro igrejas mineiras entre as 10 mais belas do Brasil
Foto: Arquidiocese de Belo Horizonte/divulgação

Em Ouro Preto, outro expoente do barroco mineiro, que atrai turistas do mundo inteiro, também tem restrições impostas pela pandemia. Em 2019, antes da Covid-19, a Matriz Nossa Senhora do Pilar recebeu 116 mil visitantes. Mesmo em 2020, quando as restrições para prevenção do novo coronavírus já estavam em vigor, 38 mil pessoas passaram pela catedral, de acordo com a Secretaria de Turismo Municipal.

Atualmente, a matriz está aberta à visitação de terça a domingo, das 9h às 16h45, com intervalo das 11h às 12h. Porém, há restrição de, no máximo 70 visitantes. A realização de missas, batizados e casamentos precisa ser agendada.

A Secretaria Municipal de Turismo desenvolveu um passeio virtual, que pode ser acessado através do Instagram para conhecer o interior da matriz de forma remota. A Matriz Nossa Senhora do Pilar é um dos principais símbolos de um período de glória da Igreja Católica no Brasil, tendo uma alta importância artística, cultural e religiosa, com 400 kg de ouro usados em seus adornos.

Agência espanhola coloca quatro igrejas mineiras entre as 10 mais belas do Brasil
Foto: Mais Minas

Em Congonhas, a Basílica Senhor Bom Jesus de Matosinhos, construída entre 1757 e 1790, por iniciativa do imigrante português Feliciano Mendes, está aberto para visitação de terça a domingo, das 6h às 12h.

Agência espanhola coloca quatro igrejas mineiras entre as 10 mais belas do Brasil
Foto: Mais Minas

A única igreja que não representa o barroco que está na lista das mais belas igrejas é a Igrejinha da Pampulha, de Oscar Niemeyer. Ela foi encomendada em 1942 pelo então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitschek, e permaneceu durante 14 anos proibida de receber sculto. Atualmente, o fluxo de turistas diminuiu no templo por conta da pandemia, mas de outubro de 2019 a março de 2020, foram recebidos cerca de 26 mil visitantes.

Agência espanhola coloca quatro igrejas mineiras entre as 10 mais belas do Brasil
Foto: IPHAN

Atualmente, há visitas guiadas na Igrejinha da Pampulha, com as restrições de distanciamento social, de segunda a domingo, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Há também a celebração eucarística aos domingos, às 7h e às 10h30. Às terças, quartas e sextas-feiras, às 16h, há atendimento de confissões e direções espirituais. Todo dia 4 ocorre a bênção dos animais na praça, às 16h, e a missa dedicada a São Francisco, às 19h.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: