Mais Minas
Portal de notícias de Minas Gerais

Vereadores de Conselheiro Lafaiete destinam cerca de R$ 2,1 milhões do orçamento impositivo para o combate ao coronavírus

A Câmara de Vereadores de Conselheiro Lafaiete aprovou, nesta quarta-feira (1), por unanimidade, a destinação de cerca de R$ 2,1 milhões do orçamento impositivo que iriam receber para o montante de enfrentamento do coronavírus.

Os vereadores também abriram mão de suas indicações para diversas áreas, assim como a metade do recurso que seria destinado para zerar a demanda das filas por exames e consultas.

O vereador André Menezes (PR) sugeriu também que metade do recurso do fundo de iluminação pública, cerca de R$ 6 milhões, fosse usado para o enfrentamento ao coronavírus, porém a legislação federal não permite esse tipo de transferência.

Já o vereador Geraldo Lafayette, durante assembléia, criticou a postura do Presidente da República, Jair Bolsonaro, quanto o combate ao coronavírus, alertando que o recurso do Governo Federal para o enfrentamento do Covid-19 tem encontrado dificuldades para chegar nas cidades pequenas. “Apesar do ar de tranquilidade aparente, o Prefeito Mário Marcus (DEM) está apavorado com a possibilidade de crescimento do contágio”, declarou o vereador.

Além disso, o Presidente do Poder Legislativo de Conselheiro Lafaiete, o vereador João Paulo Pé Quente (DEM), pediu que fosse enviado um ofício para as imobiliárias da cidade para que haja uma flexibilização na cobrança dos aluguéis. “Quero o apoio dos vereadores no sentido de sensibilizaras as imobiliárias para que, neste momento de pandemia, que ajudem os seus inquilinos e dividam o pagamento dos aluguéis os meses de março e abril. Isso pode desafogar muitos empresários e ajudar na economia local”.

Além disso, Pé Quente criticou os empresários da cidade que ainda mantém seus comércios abertos, desrespeitando o decreto de isolamento social. “Há muitos comerciantes trabalhando com meia porta e continuam vendendo apesar dos pedidos de fechamento. Pensam apenas em sim próprios”, finalizou.

Coronavírus em Conselheiro Lafaiete

Conselheiro Lafaiete tem, atualmente, 159 casos suspeitos de coronavírus, sem nenhuma confirmação da doença até o momento. Porém, um óbito ocorrido na cidade segue em investigação. A Prefeitura Municipal informou que a partir desta quarta-feira irá adotar o modelo de divulgação dos casos semelhante aos Boletins Epidemiológicos do Covid-19 do Governo de Minas Gerais, que aponta o número de casos suspeitos, confirmados, óbitos em investigação e óbitos confirmados.

Veja também: Prefeito de Congonhas, Zelinho, adia pagamentos de taxas e impostos devido ao coronavírus

Comentários do Facebook
você pode gostar também