AtléticoEsporteFutebol

Atlético empata fora de casa na estreia da Libertadores

A estreia do Atlético na Copa Libertadores de 2019 não foi bem como seu torcedor esperava. Isso porque, jogando fora de casa, contra o Danubio, do Uruguai, o time saiu duas vezes à frente no placar, com dois gols de Ricardo Oliveira, porém, o Alvinegro de Minas acabou cedendo o empate em 2 a 2 para os donos da casa.

Melhores momentos do jogo

Para essa partida, válida como jogo de ida da segunda fase, (de mata-mata), da Pré-Libertadores, os times atuaram com as seguintes formações:

Danubio – Cristóforo, Sergio Felipe, Renzo Ramirez, Goñi, Leandro Sosa, Siles, Denis Oliveira (Ghan), Montes, Onetto (Maicol Ferreira), Grossmüller, Fede Rodríguez.

Técnico: Marcelo Méndez.

 

Atlético – Victor; Patric, Réver, Igor Rabello, Fábio Santos; Adilson, Elias (Zé Welison), Luan, Cazares, Yimmi Chará (Maicon Bolt) e Ricardo Oliveira.

Técnico: Levir Culpi.

Primeiro tempo – Aos 8 minutos, Ricardo Oliveira fez cruzamento para Yimmi Chará na área. O colombiano fez o domínio e chutou de perna direita, mas Cristóforo, (grande destaque dos uruguaios na partida), fez uma linda defesa utilizando apenas uma das mãos para impedir o que seria o primeiro gol do Atlético. Com 14 minutos, Cristóforo  voltou a salvar o Danubio. No lance, Fábio Santos deixou Ricardo Oliveira cara a cara com o goleiro. O camisa 9 do Galo fez o domínio e bateu para o gol, mas o camisa 1 do time uruguaio fez outra bela defesa.

Com 26 minutos o Danubio chegou ao ataque. Grossmüller cruzou na área para Fede Roríguez fazer a cabeçada, e a bola saiu muito perto do gol defendido por Victor. Porém, dois minutos depois, Ricardo Oliveira recebeu bom passe de Cazares, invadiu a área e deslocou o goleiro Cristóforo para, enfim, balançar a rede e fazer 1 a 0 para o time do Galo.

Já aos 45 minutos, o time uruguaio empatou a partida. No lance, Olivera faz boa jogada do lado direito, passou por Fábio Santos e cruzou para Grossmüller que rolou para trás e achou Fede Rodríguez, livre, para fazer a finalização por baixo de Victor e deixar tudo igual em Montevideu: 1 a 1. E com dois minutos de acréscimos, aos 47, o juiz apitou fim de primeira etapa para um empate em 1 a 1 entre Danubio e Atlético.

Segundo tempo – Para a segunda etapa, as equipes voltaram com as mesmas formações. O Atlético seguiu ofensivo, em busca do segundo gol. Criando, desse modo, duas boas oportunidades, aos 9 minutos. Primeiro, Cazares deixou Ricardo Oliveira, mais uma vez, livre para finalizar. O atacante alvinegro chutou forte com o pé esquerdo, mas o goleiro do Danubio faz mais uma boa intervenção. Na seqüência, Cazares fez bom cruzamento, e a redonda chegou na cabeça de Ricardo Oliviera, que finalizou muito bem, porém Cristóforo fez um verdadeiro milagre, salvando, novamente, o Danubio em Montevidéu.

Com 14 minutos, foi a vez de Victor salvar o Atlético. No lance, Onetto fez boa jogada pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro para Olivera. E, já dentro da pequena área, o camisa 18 chutou bem, mas Victor fez uma bonita defesa com a perna. Um minuto depois, Igor Rabelo foi amarelado por falta dura em Fede Rodríguez. Na seqüência do jogo, Levir Culpi fez duas substituições no time do galo, aos 17 e aos 18 minutos. Nas alterações, Maicon Bolt ganhou a vaga de Yammi Chará no meio-campo, e Elias saiu para a entrada de José Welison.

Aos 23 minutos, Adilson recebeu cartão amarelo por jogada faltosa em cima de Montes. Com 31 minutos, Maicon Bolt fez cruzamneto na medida para Ricardo Oliveira, que, Sozinho, não precisou ao menos sair do chão para poder escolher o canto e cabecear sem chances para Cristóforo. 2 a 1 para o galo. Dois minutos depois, Patric foi amarelado por jogada faltosa.

Tudo corria bem para o Alvinegro de Minas, e a vitória parecia bem encaminhada, até que aos 34 minutos, Leandro Sosa fez boa jogada para o time uruguaio e cruzou na segunda trave, Fábio Santos subiu para a dividida, mas acabou perdendo no alto para Sergio Felipe, que testou, sem chance para Victor. 2 a 2 no placar. Aos 38 minutos, Ricardo Oliveira recebeu cartão amarelo, por falta em Goñ. O time atleticano seguiu em busca do terceiro gol, porém sem muito sucesso. E assim, aos 49 minutos, o juiz apitou pela última vez na partida para Danubio 2, e Atlético também 2.

A partida, (de volta), entre as duas equipes, que decide qual delas se classifica para a terceira fase da Pré-Libertadores, acontece na próxima terça-feira (12/02), às 19h15 (de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte. Empate por 0 a 0 ou por 1 a 1, além de vitória por qualquer placar, garante a vaga para o time do Galo, por ter marcado dois gols na casa do adversário. E caso a partida volte a ficar empatada em 2 a 2, a decisão entre as duas equipes vai para as cobranças de pênalti.

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios