João Victor Pena
João Victor Pena
João Victor Pena é estudante de jornalismo na PUC Minas e articulista da coluna "Rima em Prosa", no portal Mais Minas.

Confira os principais lançamentos de discos no rap nacional, em julho

Julho passou voando. O primeiro mês do segundo semestre de 2020 foi muito corrido, e talvez tenha sido o mais movimentado dos últimos tempos no rap nacional. Com diversos lançamentos importantes e muitos aguardados, tivemos alguns álbuns de estreia e também muitos EP’s, formato que tem feito muito sucesso em tempos de pandemia. Com os artistas muitas vezes com certa dificuldade para lançar trabalhos mais longos e bem trabalhados, apostar em lançamentos menores e mais simples é uma boa alternativa no momento, já que demanda menos custo e tempo de produção em estúdio.

Para se informar sobre todos esses álbuns e produções, confira agora os principais lançamentos, de julho, no rap nacional:

Jé Santiago & MC Igu: Hora do Rush, Vol. 2

– Lançado dia 03/07

– Três faixas

– Sem feats

+ 20 episódios do Rap Box para assistir na quarentena – parte 1

Membros da Recayd Mob, MC Igu e Jé Santiago lançaram, entre junho e julho, uma série de EP’s colaborativos, que ao todo trazem nove músicas, divididas em três volumes. Nesta segunda parte, temos compiladas as faixas Balenciaga, Tt e Biskat (Culpa do Nagalli). Mencionado no título desta última track, Nagalli é o produtor responsável pela criação de todos os beats do projeto. Para saber mais detalhes sobre os volumes desta série, clique aqui para conferir a entrevista que fizemos com o Igu, que falou sobre Hora do Rush, Mlks de SP, @ e outros trabalhos. 


Jé Santiago & MC Igu: Hora do Rush, Vol. 3 

– Lançado dia 31/07

– Três faixas 

– Sem feats

Terceiro e último volume do projeto comentado acima, traz as faixas Rush, LV e Snakes

+

+ Rima em Prosa #16: Kamau fala com exclusividade sobre sua participação no Poetas no Topo e sua relação com a música em tempos de pandemia

Rich Braza: Sweet Cárcere, Vol. II

– Lançado dia 02/07

– Quatro faixas

– Sem feats

Rich Braza é um dos destaques da produção cultural de nossa região. Focado na música, o jovem artista vem trabalhando em Sweet Cárcere, uma série de mixtapes que já ganhou dois volumes até aqui. Liso, Até o Fim, Baby Doll e Três Atos – Versão Alternativa são as quatro faixas que compõem esta segunda parte do projeto, que é escrito e produzido por Rich. Além de seus trabalhos pessoais, o músico também é um dos responsáveis pela Batalha das Gerais, roda de rima que ocorre em Mariana.  

Dudu: Acídia 

– Lançado dia 03/07

– Oito faixas

– Sem feats

Um dos discos de maior destaque deste mês, Acídia é o primeiro grande trabalho da carreira de Dudu. Muito jovem, o rapper até aqui havia lançado apenas os dois volumes da mixtape Jordan Boy’z, em parceria com seu amigo Leozin. Com produções assinadas por Artioli, Ecologyk e Tibery, o álbum traz oito faixas, todas solo. Versátil, o artista capixaba superou as expectativas do público e mesmo continuando no trap, mostrou lados não vistos antes em suas músicas. Destaque para as canções Party e Calabasas, que ganharam belos videoclipes.

Morenna: Blá Blá Blá Deluxe 

– Lançado dia 17/07

– Seis faixas

– Feat: Tropkillaz

Lançado originalmente em junho de 2019, o EP Blá Blá Blá acaba de ganhar uma versão de luxo. Além da inédita faixa Crystal, o disco traz todas as músicas que compunham o antigo e ainda vem com duas novas versões da canção que dá nome ao projeto. Aqui, o único feat que vamos encontrar é o do Tropkillaz, popular duo de produtores que assina um remix de Blá Blá Blá. Natural do Espírito Santo, Morenna foi uma das jovens artistas que destacamos em uma lista de promessas do rap nacional que fizemos no início do ano e que você pode conferir aqui. Além de sua carreira solo, a cantora também integra o grupo Solveris. 

Fabio Brazza: Isso não é um disco de Rap

– Lançado dia 03/07

– 12 faixas 

– Feats: Sant, Vulto, Péricles, Helio Bentes e mais

Cheio de participações, Isso não é um disco de Rap chegou em junho e colocou Fabio Brazza pra cantar ao lado de grandes nomes do rap e de outros gêneros da música brasileira, como Helio Bentes e Péricles. Quinto álbum da carreira do artista, este novo trabalho chega em um momento conturbado de sua vida, que vem passando por diversas reviravoltas, como ele próprio revelou em uma publicação no seu Instagram. Meias Palavras, Boto Fé, Toda Gratidão e Inquilino da Dor são as únicas músicas solo do disco, que traz ao todo 12 faixas. 

Felp 22: Gelato

– Lançado dia 03/07

– Nove faixas 

– Sem feats

Vocalista do grupo Cacife Clandestino, onde divide os palcos com TerrorDosBeats, Felp 22 acaba de lançar seu “segundo” disco solo. O primeiro, intitulado Jogador Caro, também foi lançado este ano, lá no mês de abril. Agora, em Gelato, o rapper retorna com mais nove faixas inéditas. Sem feats, este projeto conta com um time diverso na produção. Entre os beatmakers presentes aqui, podemos ver nomes como Rick Beatz, Portugal, Madrugahbeats, WC no BEAT, entre outros. Segundo uma postagem feita em seu Instagram pessoal, Felp ainda guarda mais quatro álbuns prontos para esse ano.

Scoppey: Decolar

– Lançado dia 24/07

– Cinco faixas 

– Sem feats

Pouco a pouco, entre o final de junho e o mês de julho, Scoppey foi lançando as cinco faixas que compõem seu novo EP, intitulado Decolar. Segundo o artista, esse trabalho é um aperitivo seu próximo álbum, que deve sair nos próximos meses. Composto por cinco faixas solo, este disco conta a produção de FPeres e traz, entre outras músicas, a continuação de Passarinhos, lançada originalmente lá em 2017. 

Florence: POPART

– Lançado dia 11/07

– Dez faixas 

– Feats: Zemaru, Leal, Zudizilla, Nego Joca e Nikito 

Está nas ruas o disco POPART. Com dez faixas, este novo trabalho de Florence chega com feats de Leal, Zemaru, Nego Joca, Nikito e Zudizilla. Na parte de produção, além de criar as batidas da maior parte das músicas, o rapper gaúcho é o responsável pela mixagem e masterização de todo o projeto, que também conta com instrumentais de Nagalli, Fp e Viñamata. Trazendo diversas referências à música pop, que vão desde o nome do álbum – que faz uma referência ao disco ARTPOP, da Lady Gaga – até sua estética musical, este trabalho vem pra suprir um desejo antigo de Florence, que é fã do estilo e sempre quis trazer essa mistura de gêneros em suas produções.

QTZ Tivityn: Foragido
– Lançado dia 21/07

– Dez faixas

– Feats: Klyn, Delatorvi e Yung Nobre

Foragido é o primeiro trabalho da carreira de QTZ Tivityn. Carioca, o rapper ganhou notoriedade com a diss Foda-se o Meno Tody, intitulada em referência ao Meno T, que é atacado na letra da música. Essa faixa atraiu olhares para Tivityn, que através de canções solo e colaborações, manteve o seu nome alta até o lançamento desse disco. Trazendo dez faixas e Klyn, Delatorvi e Yung Nobre no feat, esse projeto chegou nas ruas no fim de julho. A capa do álbum faz uma alusão ao seu título e emula os cartazes de procurado presentes nas ruas da cidade do Rio de Janeiro. 

Errijorge: Lucid Tapes, Vol. 1

– Lançado dia 17/07

– Seis faixas

– Feats: Duzz, Burn-O, Kweller e Possatti

Depois de lançar o disco Midas, em 2018, Errijorge retorna com o primeiro volume da série Lucid Tapes. O projeto traz dois feats inéditos, com Burn-O e Possatti, e novas faixas com Kweller e Duzz, parceiros de longa data do rapper. Quem assina a produção da obra são os beatmakers Luq, Fejão Beats e 808 Luke. Com trinta mil visualizações no YouTube, o destaque da tape fica para a faixa Lucid Vibes, que conta com a participação do já citado Duzz, parceiro de Errijorge na gravadora Uclã.

Pelé MilFlows: Outro Lado da Moeda

– Lançado dia 24/07

– Sete faixas

– Feat: Drizzy

Outro Lado da Moeda é um passo diferente na carreira de Pelé. O rapper, que se consolidou fazendo love songs, traz aqui um EP com uma estética mais próxima a que tinha no início de sua carreira. Produzido por Milbeats, Zaka Beats, Canela e JNR Beats, o disco também traz o feat de Drizzy. Mais intenso que Louco de Amor, seu trabalho anterior, esse projeto busca levar a sonoridade do artista a um público que talvez esteja desconectado de seus últimos lançamentos, que tinham em uma pegada mais romântica e menos voltada para o trap, como é aqui. Outro fator importante neste novo projeto são as referências que MilFlows traz de toda sua carreira, indo desde seu início nas batalhas de freestyle até a correria de shows por todo o país.

MC Cabelinho: Ainda

– Lançado dia 28/07

– 13 faixas

– Feats: BK, Gaab, Budah, Dfideliz e MC Orelha

Misturando rap, trap e funk, MC Cabelinho lança Ainda, o seu primeiro álbum de estúdio. O artista, que ganhou destaque nacional com suas participações e bordões clássicos, chega no momento mais sólido de sua carreira e nos brinda com um disco que traz como foco diversas histórias e traços de sua vivência na favela. Com vários rappers e funkeiros fazendo feat, esse trabalho consegue se conectar com as duas realidades musicais, mantendo a essência de ambas. DJ Juninho, DJ W, Portugal e Felipe Rosa assinam os beats do projeto, que conta treze faixas e a participação de nomes como BK, Hariel, Dfideliz, entre outros.

Leia mais

Quarenta anos sem Cartola

Agenor de Oliveira, um servente de pedreiro que usava um chapéu cuco passou a ser apelidado “Cartola” pelos colegas; uma referência ao chapéu que...

Orquestra Ouro Preto e Fernanda Takai lançam videoclipe de “Chega de saudade”

“Chega de saudade”, a canção que marcou a história da música popular brasileira quando lançada em 1958, ganhou uma nova versão na voz da...

Música sertaneja se destaca entre as mais tocadas no Brasil nos últimos cinco anos

O Dia do Músico é comemorado anualmente todo dia 22 de novembro, homenageando os que vivem e se dedicam a essa arte. O Ecad...

Artigos Relacionados

Rima em Prosa #31: Santzu apresenta “Pícaro Sonhador”, a sua nova mixtape

Felipe Santzu é um dos nomes mais criativos do rap de Brasília. Apesar de ser mais conhecido pelo grande público por conta da mixtape...

Péricles lança música em parceria com Projota no Dia da Consciência Negra

A música tem poder, e Péricles, no decorrer dos seus 34 anos de carreira, sabe muito bem onde ela é capaz de chegar. Com...

Rima em Prosa #30: Menestrel comenta “Relicário, Vol. 2”, “Poesia Acústica” e nova fase como intérprete

Criado em 2017, o projeto Relicário vem acompanhando Menestrel ao longo dos últimos anos. Seja através de álbuns ou singles, essa palavra nunca saiu...

Claudia Leitte lança o esperado single “Rodou” em parceria com Wesley Safadão a partir da 0h

É chegado o aguardado momento pelos fãs de Claudia Leitte! A partir da 0h, na virada de hoje para sexta-feira (6), acontece o lançamento do single "Rodou",...