O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

TV

Novela ‘Escrava Mãe’ está de volta à programação da Record a partir de terça (18)

João Paulo Silva 16 de agosto de 2020 às 09:55
Tempo de leitura
1 min

“Escrava Mãe” foi exibida originalmente em 2016 na Record e está de volta à programação da emissora paulista a partir da próxima terça-feira, 18 de agosto, substituindo a reprise de “A Escrava Isaura”.

Escrita por Gustavo Reiz (“Belaventura”), a novela é livremente inspirada em “A Escrava Isaura”, baseada no romance homônimo de 1875, de Bernardo Guimarães (1825-1884).


Considerada uma das melhores novelas da Record, a trama é protagonizada Juliana dos Anjos (Gabriela Moreyra) e Miguel Sales (Pedro Carvalho). Juliana é uma escrava e Miguel é um estrangeiro que se apaixona por ela.

De Angola de 1788 ao Brasil de 1808, a trama aborda os horrores da escravidão, muito embora o autor tenha optado por focar nesse tema. “Escrava Mãe” é a história da mãe de Isaura de “A Escrava Isaura”, ou melhor, é a história de seus pais.

No elenco também estão Thaís Fersoza, Fernando Pavão, Milena Toscano, Roger Gobeth, Luíza Tomé, Jussara Freire, Zezé Motta, Cássio Scapin, entre outros. A direção é de Ivan Zettel.

“Escrava Mãe” será exibida no horário das 15h45 (horário de Brasília).

Relembre a abertura:

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.