O que você procura?

Atlético perde para líder e fica a três jogos sem vencer no Brasileirão

Rômulo Soares 11 de outubro de 2019 às 15:23
Tempo de leitura
3 min

O Atlético perdeu para o líder do campeonato, Flamengo, por 3 a 1, na noite dessa quarta-feira (11), no Maracanã. O time mineiro repetiu a formação defensiva na qual jogou contra o Palmeiras, mas acabou não funcionando. Esta foi a terceira partida sem vitória do Galo, que somou quatro pontos nas últimas 10 rodadas do Brasileirão.
O Atlético foi ao Maracanã e não demonstrou qualquer tipo de postura para enfrentar o líder frente a frente. Com uma grande sequência de passes precipitados, o Galo passou do meio de campo poucas vezes ao longo do jogo. Teve apenas 33% da posse de bola e chegou a finalizar cinco vezes, com apenas duas em direção ao gol.
Não foi um resultado longe do esperado, devido a fase do time atleticano e a ascendência do Flamengo no ano, tendo a melhor campanha da história dos pontos corridos até a 24° rodada. Entretanto, o primeiro tempo do Galo assustou pela falta de perspectiva. Quando Atlético conseguia recuperar a bola, a entregava de bandeja para o adversário. Isso acarretou em uma primeira etapa com apenas 25% de posse de bola e, também, num gol de cabeça marcado por Willian Arão.
Além de problemas sérios no novo esquema tático da equipe, uma surpresa feita pelo técnico Rodrigo Santana também fez com que o time caísse de produção. Di Santo foi preservado devido a cansaços, e Ricardo Oliveira foi escalado, dando-lhe atribuição à sua experiência. Entretanto, na segunda etapa, ao substituí-lo por Marquinhos, destaque da categoria de base, a equipe atleticana respondeu em campo. O time alvinegro conseguiu ter mais a posse de bola e até chegar à área adversária. Tanto que saiu um belo gol de Nathan, no início do segundo tempo. O segundo do jogador em dois jogos.

Atlético perde para líder e fica a três jogos sem vencer no Brasileirão

Crédito da foto: Bruno Cantini / Atlético


Mas quando o Galo conseguiu melhorar suas condições na partida, o atacante rubro-negro Vitinho fez linda jogada e marcou um belo gol, desempatando a partida. Com isso, o Atlético se viu sem poder de reação, até levar o terceiro gol, do jovem Renier.

Mudanças

A postura do Atlético durante todo o primeiro tempo contrastou muito com a da segunda etapa. A entrada de Marquinhos foi fundamental, dando mais mobilidade, presença na disputa da bola e velocidade em seus contra-ataques. Ricardo Oliveira continua inoperante, não mostrando sinais de melhoria durante sua estadia no Galo.
Nathan parece estar se garantindo com o time titular marcando seu segundo gol em dois jogos importantes fora de casa, contra líder e vice-líder do campeonato. Então, mesmo com a volta de Luan, seu lugar deverá ser mantido.

Reação

A próxima partida do Atlético é contra o Grêmio, no estádio Independência. O técnico Rodrigo Santana já sinalizou que não deve repetir o esquema tático defensivo contra a equipe gaúcha, mas o jovem treinador terá apenas dois dias para acertar o time que irá a campo no domingo. E ainda, vai ser preciso saber qual jogador merece a titularidade. Para o meio de campo o Galo terá a disposição Cazares, Nathan, Vinícius, Luan, Marquinhos e Bruninho. E no ataque Franco Di Santo ou Ricardo Oliveira.

LEIA TAMBÉM:  Em 2021, Atlético tem sua defesa menos vazada do século