O que você procura?

Investidor do Atlético quer comprar parte do Cruzeiro, diz Deputado estadual

Segundo o Deputado, com o Cruzeiro passando a se tornar uma SAF, o clube teria seus direitos econômicos divididos em três partes e o BMG estaria interessado em uma delas.
Rômulo Soares 9 de dezembro de 2021 às 09:53
Tempo de leitura
3 min
Foto: Reprodução / TV Galo
Foto: Reprodução / TV Galo

O Deputado estadual Léo Portela (PL) informou, através de sua conta no Twitter, que o BMG tem interesse em comprar uma das partes do Cruzeiro. O banco é do empresário Ricardo Guimarães, ex-presidente do Atlético e importante investidor do Galo, que faz parte do órgão colegiado dos “4R’s” que trabalha na reestruturação financeira e esportiva do clube alvinegro.

Segundo o Deputado, com o Cruzeiro passando a se tornar uma Sociedade Anônima do Futebol (SAF), a primeira do Brasil, o clube teria seus direitos econômicos divididos em três partes e o BMG estaria interessado em uma delas.


“Sou torcedor e estava com a mesma esperança que todos vocês. Recebi a informação de uma fonte de muita confiança e por isso me manifestei aqui. Por se tratar de Cruzeiro não duvido de nada e por isso o meu alerta. Hoje ainda conversaremos aqui sobre tudo”, disse Léo Portela em outro tweet.

Ricardo Guimarães, dono do BMG, é atleticano declarado, esteve presente na festa do bicampeonato brasileiro do Atlético, foi o principal responsável pela contratação de Diego Costa e reduziu uma dívida que o Galo tinha com ele de R$ 247 milhões para R$ 85 milhões.

Porém, a relação entre BMG e o clube celeste não é novidade, o banco já patrocinou o Cruzeiro durante quatro anos, de 2010 a 2014, bem como outros clubes como o América, Santos, Flamengo, São Paulo e Corinthians.

A aprovação do Conselho Deliberativo da venda de mais de 49% do clube para investidores, percentual máximo autorizado para negociação, aconteceu, pois a diretoria do clube, em conversas com o mercado, percebeu que não atrairia sócios sem ceder o poder de gestão.

O Cruzeiro registrou nessa segunda-feira, 6 de dezembro, o CNPJ que o clube usará para a SAF. O pedido foi aceito pela Receita Federal e gerou um novo número de inscrição para o clube. Com isso, a Raposa poderá registrar o novo contrato do técnico Vanderlei Luxemburgo, o acordo com Alexandre Mattos e também os vínculos com o elenco para 2022.

O conselho de administração também está formado, conforme revelou o GE:

  • Sérgio Santos Rodrigues (presidente atual do Cruzeiro)
  • Alvimar de Oliveira Costa (conselheiro e ex-presidente do clube)
  • Paulo Henrique Pentagna Guimarães (conselheiro e empresário)

O tempo de mandato é de três anos. Foram também eleitos os membros do Conselho Fiscal do Cruzeiro SAF (com mandato de três anos):

  • André Dias Bahia (contador)
  • Sandro Magno Garcia Costa (contador)
  • Jorge Luiz Valente Lipiani (engenheiro)

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.