Seu alimento e seu remédio

Certamente, em algum momento da vida você já questionou se poderia fazer uso de bebidas alcoólicas durante o tratamento com algum medicamento, ou se o medicamento deve ser consumido com água ou leite, em jejum ou após as refeições.

A possibilidade de consumir álcool pode ser a principal preocupação quando se recebe uma prescrição de um medicamento, mas não deve ser a única, visto que até mesmo uma refeição pode prejudicar a ação de determinado fármaco.

O problema da ingestão concomitante de medicamentos e bebidas alcoólicas é devido ao fato de ambos serem metabolizados no fígado, gerando, então, uma sobrecarga no órgão, que não consegue metabolizar por completo as duas demandas. Como geralmente o álcool é consumido em maior quantidade, o fígado tenta metabolizá-lo primeiro, diminuindo assim a eficiência do medicamento administrado. No entanto, o fígado também não consegue absorver completamente o álcool, deixando parte dele circulando por mais tempo na corrente sanguínea, o que potencializa o estado de embriaguez.

+ Você realmente se previne de consumir um alimento fora da regularidade?

 Alguns medicamentos precisam ser ingeridos em jejum, visto que a presença de alimentos no trato gastrointestinal (TGI) pode reduzir a sua absorção. Por outro lado, outras classes de medicamentos precisam ser administradas após refeições, pois assim a absorção do fármaco é aumentada e o risco de lesões no TGI é diminuído.

Todo medicamento em forma de cápsula ou comprimido deve ser ingerido acompanhado de pelo menos 150mL de água, a fim de facilitar a passagem pelo esôfago, evitando assim  algum desconforto ou inflamação, sem que haja interferência na absorção do medicamento. Uma dúvida bastante comum a esse respeito é sobre substituição da água por leite; o que não é recomendável, pois este pode reduzir os efeitos de alguns medicamentos, devido à interação da droga com o cálcio.

+ Jejum antes de exames laboratoriais: qual o fundamento?

 Alguns medicamentos podem aumentar a excreção de vitaminas e minerais e em outros casos os medicamentos aumentam a absorção desses nutrientes. Desse modo, é necessário atenção ao iniciar um tratamento medicamentoso por tempo prolongado, pois isso pode interferir diretamente no estado nutricional.

Pode-se afirmar que o melhor método para se garantir que um tratamento medicamentoso funcione, é seguir as orientações médicas e sempre ler a bula, a fim de saber as especificidades do fármaco utilizado. Nunca hesite em tirar dúvidas com um profissional de saúde, pois um tratamento só será eficaz se feito adequadamente. E um tratamento adequado vai além  da ingestão de uma substância com propriedade curativa; remédio é também e, principalmente, um conjunto de práticas saudáveis realizadas com constância.

Deixe um comentário