Se reconheça, adapte, aceite e seja saudável e feliz

Se reconheça, adapte, aceite e seja saudável e feliz
Foto: reprodução

Um dos objetivos da campanha janeiro branco é contribuir para a valorização da subjetividade humana e o combate ao adoecimento emocional das pessoas. A compreensão da subjetividade do indivíduo é também um importante fator a ser considerado no que diz respeito à nutrição humana.

Cada pessoa possui suas individualidades, suas próprias características e necessidades, portanto não se pode comparar ou estabelecer um padrão para dois indivíduos distintos.

É imprescindível que se compreenda que cada ser humano é único, portanto a alimentação também é específica para cada um. Não existe uma dieta que seja adequada para toda a população, assim como não existe um padrão de beleza; cada um é bonito à sua maneira, não é preciso ganhar ou perder peso para se enquadrar no considerado bonito.

Da mesma forma é a nossa saúde mental, não precisamos ser iguais; na realidade nós não devemos ser iguais. Somos pessoas diferentes e isso é o que nos torna interessantes. Não é saudável nos preocuparmos em ser aceitos por terceiros, só precisamos ser aprovados por nós mesmos.

O primeiro e mais importante passo para garantir uma mente saudável é aceitar ser quem é e gostar disso. Sem necessidade de ser aprovado ou assemelhar-se com o comum.

Cuide da sua saúde emocional, preocupe-se em sentir-se bem consigo mesmo. Não perca sua sanidade buscando encaixar-se em padrões impostos pela sociedade. Busque primeiramente a sua saúde, não embarque nas dietas seguidas pelos conhecidos, não adote hábitos apenas por terem dado certo com alguém. Seja você mesmo e descubra em que você melhor se adapta. Aproveite esse primeiro mês do ano para repensar suas prioridades e coloque-se em primeiro lugar, busque sua felicidade e bem-estar e despreocupe-se com a aprovação alheia.

Coluna Nutrição e Alimentação
Coluna articulada por Franciele Santana

Leia Também:

Deixe Seu Comentário: