Ultimate magazine theme for WordPress.

No Dia do Professor, primeiro deputado federal cego do Brasil homenageia professora da UFOP

Nessa terça-feira, 15 de outubro, é comemorado, no Brasil, o Dia do Professor. Por isso, várias pessoas estão postando homenagens e agradecimentos a esses profissionais que são fundamentais para a formação de todo ser humano. Entre essa pessoas, está o Deputado Federal do Espírito Santo, Felipe Rigoni, que é ex-aluno do curso de Engenharia de Produção da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop).

Em seu Instagram, Rigoni escreveu uma mensagem para todos os professores. “A educação sem dúvidas mudou minha vida. E isso só foi possível porque ao longo do caminho tive professores que me ajudaram em todos os momentos.”, disse. Mas, o agradecimento foi especial à sua professora da Ufop, Tays Torres. Segundo ele, foi ela quem o estimulou a entrar na Empresa Júnior do seu curso, já que tinha medo, devido à sua condição de deficiente visual. A força e apoio dela, como professora, o ajudou muito para que ele pudesse chegar onde está. “Quando estudava na Universidade Federal de Ouro Preto, conheci a Projet, empresa júnior do curso de Engenharia de Produção. Tive dúvidas se seria capaz de participar das atividades, mas uma pessoa foi fundamental para me encorajar.”, diz uma parte de seu texto.

Veja na íntegra:

View this post on Instagram

A educação sem dúvidas mudou minha vida. E isso só foi possível porque ao longo do caminho tive professores que me ajudaram em todos os momentos. ⠀ Quando estudava na Universidade Federal de Ouro Preto, conheci a Projet, empresa júnior do curso de Engenharia de Produção. Tive dúvidas se seria capaz de participar das atividades, mas uma pessoa foi fundamental para me encorajar. ⠀ A professora Tays Torres (@torrestays) me deu apoio e me fez crer que era possível ingressar na empresa júnior. Este passo foi determinante para definir que eu sou hoje. ⠀ A partir dali, cresci no Movimento Empresa Júnior (MEJ) e me tornei presidente do Conselho de Administração da Confederação Brasileira de Empresas Juniores, liderando mais de 10 mil pessoas espalhadas por 18 estados do Brasil. ⠀ Neste momento, vi nascer o interesse pela política e percebi que o trabalho coletivo é a melhor ferramenta de transformação da nossa realidade. ⠀ Sou muito grato a tudo que tantos professores fizeram por mim e continuam fazendo por nossos jovens. No nome da professora Tays, quero parabenizar todos os professores e professoras do país por seu dia. ⠀ #Educação #DiaDosProfessores #Rigoni #Professores #Educadores #Mestres #Ensino ⠀ #PraCegoVer peça contém a foto da professora Tays Torres. Ela está sentada, com um computador, olhando para foto. Na mesa, livros. Em destaque na peça, a frase "15 de outubro. Dia dos Professores".

A post shared by Felipe Rigoni (@rigonifelipe) on

Nossa reportagem entrou em contato com a professora Tays Torres, que aproveitou para parabenizar todos os professores do país:

“É sempre muito gratificante participar da formação dos nossos alunos tanto no aspecto técnico científico quanto na construção de cidadãos com capacidade de refletir sobre nosso papel na sociedade. A educação tem que ser libertadora! Me sinto feliz com a homenagem e com a possibilidade de ter contribuído de alguma maneira para a formação do Felipe Rigoni. Essa homenagem e reconhecimento se estende a todos os professores que contribuíram para sua formação e aproveito a oportunidade para parabenizar todos os professores do nosso país que lutam para garantir para que a educação seja prioridade no atual governo.”

 

Dia Mundial do Professor

O dia 5 de outubro foi proclamado como Dia Mundial dos Professores, em 1994, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Mas, no Brasil, ele é comemorado no dia 15 do mesmo mês, ou seja, nesta terça-feira. Foi nesse dia, em 1827, que Dom Pedro I, Imperador do Brasil, baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Por esse decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”.

Além disso, ele falava sobre a descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A ideia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima se tivesse sido cumprida, pois a primeira comemoração ao Dia do Professor só veio 120 anos depois, em 1947, em uma pequena escola da famosa Rua Augusta, em São Paulo.

Além das homenagens

Outros assuntos surgiram em meio ao Dia do Professor, como, por exemplo, a Câmara de Belo Horizonte ter aprovado, nessa segunda-feira (14), o projeto da Escola sem Partido. Veja o desabafo do Padre João (PT):

Uma outra questão levantada, foi a lembrança que o jornalista Alexandre Garcia teve da professora Heley de Abreu Silva Batista, que deu sua vida para salvar 25 crianças na tragédia de Janaúba, no dia 5 de outubro de 2017.

Comentários do Facebook